Tomara que a Medicina seja minha amiga

Enviada por Kamila Kuhnen Macedo e André Fillipe Bertho Macedo - 05/10/2016
0

Noticiaram na cidade
Algo surpreendente
Foi farra, pinga e foguete!
A alegria era tanta
Que não cabia na gente

Meu vizinho me contou
Me chegou quase explodindo
Esbaforido me falou
O que se diz em cada esquina:
Agora sim Mafra cresceu:
Tá perto o seu apogeu!
Vai ter curso de medicina!

Fiquei anestesiada
Estarei eu tendo um pesadelo
Ou será verdade o despalpério noticiado
?
Peguei logo meu celular
E fui tentar comprovar
O que havia escutado
E quase caí pro lado
Quando li aquela insanidade:
“Agora sim a UnC, ora veja você,
Vai ter curso de verdade!”

Perguntei ao meu vizinho
De onde vinha aquilo
Disse ele que a notícia
Foi anunciada pela reitoria
Mas, meu Deus,
Onde estarei eu
?
Naquela Universidade
Entro e saio todo dia
E nunca ouvi falar
Dessa tal de reitoria

Ah! Essa tal de reitoria
Resolve o que me é suspeito
Deve ser a explicação
Para tamanha confusão
Lá no curso de Direito

Tem professor perseguido
Recebendo mixaria
Tem horário mal feito
Quer de noite quer de dia
E mesmo eu querendo estudar
Tem alguém a me atrapalhar
Vindo lá da reitoria

Lá onde sou aprendiz
Tem carteiras anos 80
Livros anos 90
E aquele quadro de giz
Que chega a doer o nariz
E que ninguém mais aguenta

Mas o anúncio lançado
Ultrapassa o constatado
Vai ter laboratório, vai ter hospital
Atendimento a paciente formal
Indo além de qualquer sonho
Sonhado no Contestado

Tomara que a medicina
Seja um dia minha amiga
Fazendo entender a reitoria
Que cada curso, cada aluno
Merece ainda neste mundo
Ensino de categoria

COMPARTILHE

NÃO HÁ COMENTÁRIOS PUBLICADOS

IMPORTANTE: O Click Riomafra não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários publicados pelos seus usuários. Todos os comentários que estão de acordo com a política de privacidade do site são publicados após uma moderação.

ENVIE UM COMENTÁRIO