Corrida Wilson Buch (1º de Maio) estaria comemorando seu cinquentenário em 2020

Por Miguel Luiz - 29/04/2020

Esse ano de 2020 será muito especial para o esporte mafrense, a próxima sexta-feira (1º de maio) mês em que se comemora o Dia do Trabalho, como é de praxe, seria realizada a tradicional Corrida Rústica Wilson Buch.

A Corrida Wilson Buch – Uma das principais provas de Rua do Brasil, estaria comemorando seu cinquentenário – 50 anos de sucesso e muitas histórias vividas pelos principais corredores, que marcaram seu nome nesta tradicional corrida de vários estados do Brasil.

A Corrida Rústica de Mafra foi criada em 1970 pelo desportista Wilson Buch para homenagear o Dia do Trabalho.  Transformou-se em um dos maiores eventos esportivos da região, mobilizando atletas e corredores de várias estados como São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul e toda Santa Catarina.

VEJA FOTOS HISTÓRICAS: Lembranças da Corrida Rústica 1º de Maio no ano de 1977 em Mafra

Infelizmente a organização através do DME da Corrida Wilson Buch, devido à pandemia do novo coronavirus (Convid-19), a prova deste ano está cancelada. A decisão visa preservar a saúde dos participantes, organizadores e colaboradores e contribuir com os esforços das autoridades para combater o avanço do novo coronavírus (Covid-19).

Em conversa com Rafinha, diretor de esportes da Diretoria Municipal de Esportes (DME), para não passar em branco, esta importante prova do calendário mafrense e do Brasil, a DME estará promovendo algumas ações que serão divulgadas nas redes sociais, com a distribuição de alguns brindes aos participantes.

PALAVRAS DA FILHA GILCIANE – A filha Gilciane Maria Buch Comochina, trabalhou junto ao seu pai em algumas destas provas da Corrida Rústica – 1º de Maio, explanou sobre a não realização este ano, devido à pandemia do Coronavirus. “Realmente é uma pena mesmo não poder realizar a Corrida Rústica este ano em seu dia tradicional, por motivos óbvios, mas este ano a prova completaria 50 anos consecutivos de realização. Merecia uma grande comemoração e estávamos nós da família, preparando um dia especial para comemorar. Mas como não será possível agora, esperamos que uma nova data, ainda este ano, seja marcada para esta comemoração ser realizada. Pois ela é a única Prova Rústica do Brasil em suas categorias, que nunca deixou de ser realizada nesses 50 anos. “Meu “pai faleceu em 1984 e nós da família nunca deixamos que ela acabasse”.

HISTÓRICO – Esta tradicional prova de Rua de Mafra e da região do planalto norte catarinense e sul paranaense, faz parte do calendário das principais provas do Brasil, foi uma idealização de Ervino Wilson Buch no ano de 1970.

Nos anos 70 foi implantada e escolinha da CME de atletismo, tinha a frente Ivan Gerson Buch, irmão do saudoso Wilson Buch, também marcou seu nome no esporte, revelando muitos atletas no atletismo, fazendo Mafra ser respeitada nesta prova em competições que participavam.

O senhor Ervino Wilson Buch, ficou conhecido como o pai do esporte, hoje leva o nome de ginásio de esporte em Mafra. Ele nasceu em Mafra no dia 23 de novembro de 1929 e faleceu em 21 de julho de 1984, com 54 anos de idade e foi uma grande perda para o esporte mafrense e da região.

No ano de 1970, como grande incentivador do esporte, então com seus 41 anos de idade, o senhor Wilson Buch em comemoração ao Dia do Trabalhador, lançou esta tradicional corrida rústica e este ano devido o sucesso de organização e tradição, estaria comemorando 50 anos.

No dia 21 de julho de 1984, o esporte mafrense e da região ficou de luto com a morte de Ervino Wilson Buch, deixando um grande vazio no meio esportivo. Wilson Buch era casado com Irecê Munster Buch e deixou cinco filhos, desta bonita união, são eles, Gilmar Miguel, Gilciane Maria, Giseli Regina, Gilnei José e Geison João.

PROVA CORRIDA RÚSTICA WILSON BUCH – No ano de 1985, em homenagem ao saudoso Ervino Wilson Buch, idealizador desta prova rústica em comemoração ao Dia do Trabalhador, na administração do prefeito João Romário Carvalho do PDS (janeiro de 1983 a 15 de maio de 1986, renunciou para concorrer a cargo eletivo de Deputado estadual) a prova passou a ser denominada Corrida Rústica Wilson Buch.

As manhãs do dia 1º de Maio entraram para a história do esporte Mafrense, com as tradicionais largadas da Corrida Rústica em comemoração ao Dia do Trabalho, começou meio tímida com largada em frente ao Banco Bradesco e ano a ano foi crescendo e hoje é uma das mais respeitadas do Brasil afora.

As largadas foram realizadas em vários locais de Mafra. O começou foi em frente ao Bradesco, bem como em outros locais, em frente à Caixa Econômica Federal e Praça Lauro Muller no alto de Mafra. Atualmente a largada é na Praça Miguel Bielecki na baixada mafrense.

12 PRIMEIROS CAMPEÕES – Desde a sua primeira edição lançada no ano de 1971 há de destacar o mafrense Agenor Cunha “Pelé”, vencedor das duas primeiras edições, defendendo as cores da CME de Mafra.

-1971 – Agenor Cunha – CME de Mafra.

– 1972 – Agenor Cunha – CME de Mafra.

– 1973 – Pedro A. Calixto – São José dos Pinhais.

– 1974 – Gilmar Dimão – Curitiba.

– 1975 – José Hidalgo – Curitiba.

– 1976 – Eloi Thomaz – 5º RCC de Rio Negro.

– 1977 – Gentil C. de Mello – 1º BPM de Ponta Grossa/PR.

– 1978 – Gentil C. de Mello – 1º BPM de Ponta Grossa/PR.

– 1979 – José Maria Nunes – Florianópolis.

– 1980 – José Maria Nunes – Florianópolis.

– 1981 – José Maria Nunes – Florianópolis.

– 1982 – Gentil C. de Mello – 1º BPM de Ponta Grossa/PR.

RECORDISTAS – Gentil Custódio de Mello até o ano de 1980, foi o principal recordista com o tempo de 25min01seg. No ano de 1981 este tempo foi quebrado pelo atleta José Maria Nunes de Florianópolis, superou este recorde, completando a prova com o tempo de 24min57seg.

O atleta Gentil Custódio de Mello, voltou a quebrar o recorde da prova, superando José Maria Nunes de Florianópolis, completando a prova com o tempo de 24min16seg, quebrando seu melhor tempo de 1980.

ASSUMPÇÃO UM DOS DESTAQUES – O lapeando João Gustavo da Rosa Assumpção, ou simplesmente Assumpção, como todos o conhecem, foi um dos maiores vencedores desta tradicional Corrida Rústica Wilson Buch. Ele participou da primeira corrida em 1984, ficando em 8º lugar no geral.

João Gustavo Assumpção, foi um dos nomes consagrados que marcaram seu nome nesta Corrida Rústica Wilson Buch, aonde conquistou 10 pódios de primeiro lugar nos anos de 1986, 1989, 1992, 1993, 1994, 1995, 2001, 2002 e 2003 e ainda vice-campeão em 1996 e 1999 e um terceiro lugar em 2000.

JASC – O cabo João Gustavo Assumpção foi transferido para a Policia Militar de Mafra e defendeu as cores mafrense, através da FME, nos Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC) de 1991 a 1998, com o apoio da Prefeitura Municipal de Mafra.

O cabo Assumpção entrou para a história dos JASC, representando o município de Mafra, através da FME, conquistando medalhas de ouro nos 05 e 10 mil metros no atletismo.

Nascido na cidade da Lapa em 1965, aposentado como 1º Sargento da Policia Militar de Santa Catarina, atualmente Assumpção é morador na cidade de Porto União é casado com Elis Oliveira.

A sua trajetória no atletismo começou no Exército em 1984, integrando a equipe do Facho (corrida de revezamento) do 15º GAC-AP. Ele comenta que era obrigado a correr e desde então nunca mais parou.

Ao dar baixa do Exército o mesmo ingressou na Policia Militar do Paraná em 1985 no 12° Batalhão de Polícia Militar (BPM) em Curitiba.

Em 1986 foi convidado para ingressar na Policia Militar de Santa Catarina, trabalhando até o ano de 2016, sendo remunerado para a reserva na graduação de 1º Sargento.

Enquanto esteve à frente da Policia Militar do estado de Santa Catarina, trabalhou nas cidades de Florianópolis, Mafra e Joinville e defendia estes municípios em corridas de Rua e JASC.

ROBERTO SOARES – Roberto Soares da Silva, hoje com 42 anos de idade, nasceu em Rio Negro, mas é mafrense de coração, onde morou a vida inteira em Mafra, foi outro atleta que marcou sua trajetória nesta Corrida Rústica Wilson Buch.

Roberto Soares participou de 28 edições, sendo seis na categoria juvenil e mais 22 na categoria adulta. Ele foi campeão geral em 2007 e dentre suas participações, conquistou 15 troféus e seis medalhas.

FOLCLÓRICO JOSÉ FIGURA – O Personagem folclórico da Corrida Rústica, José Figura é presença garantida em todas as provas da Corrida Rústica Wilson Buchj. “O seu Figura”, como é conhecido, participa da Corrida Rústica de Mafra, desde sua primeira edição (1970), ou seja, há 49 anos e estaria participando de sua 50ª edição este ano de 2029.

Natural de Lages, morando atualmente em Quitandinha, com 74 anos, já participou de diversas competições em diferentes estados e sua participação em Mafra, faz a alegria das criançadas e adultos, como é de praxe há vários anos em sua chegada, distribuiu balas a todos.

CAMPEÕES DE 2019 – Na 49ª edição da Corrida Rústica Wilson Buch de 2019, o campeões da categoria geral masculino e feminino, foram das cidades catarinense de Bombinhas e Jaraguá do Sul.

No masculino o campeão geral foi o atleta Jurandir Couro de Bombinhas, acostumado a competições nacionais e internacionais, como a Maratona Internacional de Porto Alegre em 2018, quando foi campeão geral.

No feminino a campeã geral de 2019 foi à atleta Simone Ponte Ferraz de Jaraguá do Sul, também acostumada em competições internacionais. Participou na Alemanha da prova de Hamburgo, garantindo classificação para o Sul Americano.

PARTICIPE ATRAVÉS DAS REDES SOCIAIS – A Diretoria Municipal de Esportes, através de seu diretor de esportes Rafinha, para não deixar passar em branco o evento esportivo mais importante do município, estará promovendo uma ação nas redes sociais.

Neste 1º de maio todos aqueles que participaram de edições anteriores da Corrida Rústica WB postem fotos de sua participação.

BRINDES – As 10 fotos mais curtidas no Facebook ao final do dia 1 de maio, serão brindadas com uma camiseta promocional oferecidas pela Prefeitura de Mafra e pelas lojas RILEX CALÇADOS.

Para poder participar basta você marcar o Facebook da DIRETORIA MUNICIPAL DE ESPORTES DE MAFRA, Prefeitura Mafra ou o PERFIL Rafinha Cavalheiro e também com a #corridarusticaWB.

A DME conta com seu apoio neste Dia do Trabalhador e espera que as redes sociais estejam lotadas das lembranças da mais tradicional Corrida Rústica Wilson Buch – 1º de Maio.

PROMOÇÃO – a Corrida Rústica Wilson Buch é uma realização da Prefeitura Municipal de Mafra, através da Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Turismo e Diretoria Municipal de Esportes (DME).

- Publicidade -
COMPARTILHE

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário.
Por favor, informe o seu nome.