Fernandinho fica marcado pela torcida, mas pode ganhar nova chance na Seleção Brasileira

Por Assessoria - 14/02/2019
Fonte: Fernandinho via Facebook

O meia Fernandinho nunca foi unanimidade com os torcedores brasileiros, principalmente pela presença em eliminações na Copa do Mundo. Presente em 2014 e 2018, o volante paranaense ainda conta com o apoio de Tite para se manter na Seleção Brasileira. O motivo são as boas partidas que realiza pelo Manchester City, onde é titular absoluto, sob o comando do espanhol Pep Guardiola.

Nascido em Londrina, Fernandinho jogou apenas no Athlético Paranaense e no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, antes de se mudar para Inglaterra. Por lá, sempre foi um dos mais elogiados. Segundo o portal de dados Transfermarkt, ele tem mais de 260 jogos com o Manchester City e já passou dos 20 gols, apesar de atuar apenas como meia. Além disso, já foi campeão inglês duas vezes, em 2018 e 2014.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -
Breithaupt Mafra

A história na Seleção Brasileira também é longa, já que foi convocado pela primeira vez em 2011. Ele já fez 49 partidas oficiais e marcou apenas dois gols. Entre estas partidas, estão duas participações em Mundiais. A primeira, em 2014, esteve em campo na trágica semifinal dos 7 a 1 contra a Alemanha. Já a mais recente, no ano passado, também não conseguiu evitar a eliminação para a Bélgica.

Após a última derrota, Fernandinho perdeu espaço e não foi mais convocado. Porém, não foi por falta de futebol, já que se mantém como titular absoluto no Manchester City. Segundo reportagem da UOL, o paranaense tem algum receio do retorno ao time, já que foi duramente criticado. No entanto, o meia pode ser um diferencial para a disputa das próximas competições, mesmo que não chegue na Copa do Mundo de 2022, no Qatar.

Fonte: Fernandinho via Facebook

O meia Arthur, titular absoluto e em bom momento no Barcelona, sofreu uma lesão na temporada e pode não chegar pronto para a disputa da Copa América, que acontece no meio do ano. Como Tite já afirmou que o Brasil é favorito, e que precisa ganhar, é possível que Fernandinho apareça entre os convocados, pelo menos nos amistosos durante o ano.

Favoritismo na Copa América

A Seleção Brasileira tem sofrido para pensar no elenco do próximo torneio oficial. Desde o começo de 2019, Tite já recebeu diferentes notícias de jogadores lesionados, como Neymar e Arthur, segundo reportagem da ESPN Brasil. Essas complicações podem fazer com que torcedores e fãs coloquem o favoritismo brasileiro em dúvida.

Como mostram as cotações do portal de apostas de futebol Betfair, a Seleção Brasileira é a principal candidata ao título. No dia 14 de fevereiro, o time comandado por Tite tem 40% de chances de título. Logo depois, aparecem Argentina, Uruguai e Chile. No entanto, a diferença brasileira para os rivais é bem distante.

Sem Fernandinho, o Brasil realizou seis amistosos depois da Copa do Mundo e conseguiu bons resultados. Apesar de não ter encantado, manteve 100% de aproveitamento e venceu todas as partidas. Como destaque ficaram as vitórias sobre a Argentina e o Uruguai, possíveis adversários na reta final da disputa.

A Copa América vai acontecer nos meses de junho e julho, e talvez com a presença de Fernandinho. O meia seria o único representante do Paraná, que já teve em Kléberson uma figura marcante no título mundial de 2002. A esperança do jogador do City é que ele também consiga repetir tal feito, mesmo que em um torneio menor.

- Publicidade -
COMPARTILHE

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário.
Por favor, informe o seu nome.