Rio Negro, 1955: a campanha do polêmico Plínio Salgado para a presidência

Por Robson Komochena - 16/04/2020

1955 - Plínio Salgado

No #TBT de hoje, o blog resgata uma imagem típica das décadas de 50 e 60, quando o assunto era campanha política. A foto é de 1955, em um caloroso comício do então candidato à presidência Plínio Salgado.

O local da imagem é a rua XV de Novembro, exatamente em frente onde hoje é o Qualitá Lanches (lado esquerdo). As árvores, na direita da foto, são do pátio da Igreja Bom Jesus da Coluna.

PLÍNIO SALGADO

Plínio Salgado (1895-1975) foi um escritor, jornalista, teólogo e político conservador brasileiro que fundou e liderou a Ação Integralista Brasileira (AIB), partido nacionalista católico de extrema-direita inspirado nos princípios do movimento fascista italiano.

Inicialmente um adepto da ditadura de Getúlio Vargas, foi mais tarde preso e obrigado a se exilar em Portugal, acusado de promover levantes contra o governo. Após retornar ao Brasil, lançou o Partido de Representação Popular (PRP), sendo eleito para representar o Paraná na Câmara dos Deputados em 1958 e reeleito em 1962, para representar São Paulo.

Foi também candidato à presidência da República no pleito de 1955, obtendo 8,28% dos votos. Após o Golpe de Estado de 1964, que acabou por extinguir os partidos políticos, se juntou à Aliança Renovadora Nacional (Arena), obtendo mais dois mandatos na Câmara. Se aposentou da vida política em 1974, apenas um ano antes de sua morte. Foi membro da Academia Paulista de Letras, tendo também fundado alguns jornais.

Com informações: Dicionário Histórico Biográfico Brasileiro pós 1930

Foto: Arquivo/Rio Negro

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Por favor, informe o seu nome.
Por favor, digite o seu comentário.