Campo do Tenente reelege Jorginho e Maria Júlia é a primeira prefeita de Quitandinha

Por Gazeta de Quitandinha e Campo do Tenente - 08/10/2016

Dois fatos históricos nas eleições municipais de Campo do Tenente e Quitandinha. Pela primeira vez na história um prefeito foi reeleito em Campo do Tenente. Com 2.773 votos o atual prefeito Jorginho Quege (PMDB) entra para a história ao ser o primeiro prefeito reeleito no município com 51,60% dos votos. Campo do Tenente possui 6.169 eleitores

Já em Quitandinha, os próximos quatro anos (2017 à 2020), serão governados por uma mulher. A tucana Maria Julia, será a primeira prefeita na história do município ao ser eleita no último domingo 02, com 46,19% dos votos. Quitandinha conta com 13.344 eleitores.

Jorginho entra para história ao se reeleger

Campo do Tenente teve quatro candidatos a prefeito, onde o atual alcaide, Jorge Luis Quege, da coligação “Juntos por Campo do Tenente (PMDB – PMDB / PPS / PSDB / PROS / PSB / PR / PTB / PTC) entrou para história de Campo do Tenente ao se reeleger com 2.773 (51,60%) dos votos. O seu vice é o comerciante Cleomar Komarchewski (PPS).

Campo do Tenente reelege Jorginho e Maria Júlia é a primeira prefeita de Quitandinha (1)

Em segundo lugar ficou o seu atual vice-prefeito, o empresário Baby Negrelli, da coligação “Vem com a Gente Campo do Tenente” (PDT – PDT / PP / PSC / DEM / PV / SD / PSL) e seu vice-prefeito Betinho (Adalberto Bicudo Quevedo-PP) que somaram 1.827 votos (34,00%).

O terceiro lugar, ficou com o jovem político e também empresário, Alexandre Viana, da coligação “Agora é pra Mudar” (PSD – PT / PSD / PEN), conquistando 679 votos (12,63%).

Com 95 votos, o candidato do PTN, Orestes Bode (Orestes Altamir de Medeiros), ficou em quarto lugar com o percentual de 1,77% dos votos.

Como em outros município, Campo do Tenente aumentou a quantidade de abstenções 575 (9,32%); brancos 57 (1,02%) e nulos 163 (2,91%), totalizando 795 (13,25%) de tenenteanos que não quiseram votar para prefeito nestas eleições, num total de 6.169 eleitores.

Renovação no legislativo Tenenteano

Netas eleições 96 candidatos disputaram nove cadeiras na Câmara de Campo do Tenente. Pelo segundo pleito consecutivo o atual vereador Fuscão Quege (PPS), irmão do prefeito reeleito Jorginho Quege, se reelegeu em primeiro lugar com 377 votos.

Houve grande renovação na Câmara de Vereadores, Somente três vereadores se reelegeram, além de Fuscão, os candidatos Mirtão – PDT (Amilton Feltrin) em 7º lugar com 159 votos e Piquenês (Celso Sá Brito – PSDB) também conseguiu se reeleger em 8º lugar com 146 votos.

Seis novos vereadores irão estrear no legislativo Tenenteano, entre eles apenas uma mulher, Solange do Laboratório – PSB (Solange Maria de Lima Favaro), 2ª colocada com 255 votos, além dos demais novatos: Kuhl – PSDB (Reginaldo Kuhl) em 3º lugar com 228 votos; Gustavo Vizentin – PSB (Gustavo Brun Ribas Pinto Vizentin) em 4º lugar com 223 votos; Beto PDT (Roberto Carlos Maurer) em 5º lugar com 187 votos. Finalizando a listagem dos estreantes eleitos, ocupando a última cadeira da Câmara, aparece Tata da Bebida – PV (Valdireno Pereira) com 106 votos.

Também teve o retorno a Câmara do ex-prefeito Celso Wenski do PMDB, substituindo a sua esposa Lindamir Aparecida Wenski.

Não conseguiram se eleger os atuais vereadores: Clinton Iomar Hubner (PSDB), em 13º lugar com 135 votos; Lourenço Antonio Paini (PMDB) em 16º lugar com 114 votos; Cleide Mari Muller (PT) em 81ª posição com 17 votos.

Dois ex-vereadores também não conseguiram voltar à Câmara: Pará-PSB (Francisco Ferreira Sena), ficando na 30ª colocação com 56 votos e Alda Ramos Quevedo-PSD, com 58 votos na 73ª posição.

Os atuais vereadores Dionízio Meineleki e Marcelo Filla, não concorreram à reeleição. O então vereador Henrique Karpinsk-PPS, que havia se candidatado a reeleição, faleceu no início da campanha política em 19/08 vítima de um enfarto fulminante.

O PSB ficou com maioria na Câmara elegendo três vereadores, PDT com dois vereadores, PSDB, PPS, PMDB e PV, um vereador cada.

Maria Julia é a primeira mulher a governar Quitandinha

O município teve três candidatos a prefeito, onde o atual alcaide Márcio Rato-PMDB (Marcio Neri de Oliveira), não foi a reeleição, porém apoiou os candidatos Paulinho Locutor (PDT) como candidato a prefeito e Rosalino Ramalho (PV) a vice-prefeito que não obtiveram êxito nas urnas, chegando apenas em 3º lugar entre os três candidatos que disputaram a Prefeitura, obtendo somente 12,37% dos votos.

Campo do Tenente reelege Jorginho e Maria Júlia é a primeira prefeita de Quitandinha (2)A briga ficou ente a candidata vendedora, Maria Julia Socek Wojcik (PSDB) da coligação “Saúde em 1º Lugar” (PSDB – PSDB / PR / PSB / PSC / SD / PEN / PROS / PSDC / PTN), eleita com 5.269 votos (46,19%) e o ex-prefeito Zé Quirera (José Ribeiro de Moura) – PSD, ficando em 2º lugar com 4.728 votos (41,44%), derrotado por uma diferença de apenas 541 votos (4,75%). Maria Julia governará o município com vice-prefeito Osmar Barros Ribas (PSDB). O candidato a vice de Quirera foi Paulo Feijão-PSD (Paulo Celso Wojastyk). Com cinco vereadores eleitos da base aliada, Maria Julia governará com a maioria na Câmara.

Quitandinha também teve um expressivo número de abstenções: 1.294 (9,70%); votos brancos: 185 (1,54%); nulos: 457 (3,79%).

Câmara de Quitandinha é renovada

Em Quitandinha 85 candidatos concorreram as nove cadeiras da Câmara de Vereadores, onde cinco novos vereadores tomarão posse no legislativo e três conseguiram se reeleger.

O novato Marcelo Lechinoski (PR) foi o mais votado com 992 sufrágios, seguido de Loir (Antonio Loir Esconiscki – PTB) 3º colocado 639 votos; seguido do atual vice-prefeito Marquinhos da Acarpa (Marcos Aurelio de Andrade Lemos – PP) com 515 votos e Amir Lemos (Amir Ribeiro Lemos – PEN) 405 votos; em 7º lugar aparece Amilton do Banco (Amilton Godk Filho – PSC) 349.

Foram reeleitos: Boca (Marcos Elio de Deus Leal – PMDB) em 2º lugar com 794 votos; Na 6ª posição Carlinhos Moura (Carlos Edmilson de Moura – PSC) com 400 votos; Em 8º lugar aparece João Purungo (João Acir Alves dos Santos – PSB) com 272 votos; O último a conquistar uma cadeira na Câmara foi o veterano Zé Ribeiro (Jose Vosniaki Ribeiro – PP) com 261 votos.

Não se reelegeram Paulão do Quicé (Paulo dos Anjos Pereira – PSC) ficando em 10º colocado na primeira suplência mesmo com 345 votos e Marcos Karpinski (Marcos Antonio Karpinski – DEM) figurando na 16ª posição com 232 votos.

O PSC e o PP elegeram dois vereadores, PR, PMDB, PTB, PEM e PSC elegeram um representante.

Mesmo com a troca dos vereadores, a próxima administração segue fortalecida na Câmara de Quitandinha. Será cinco vereadores de apoio a nova prefeita eleita Maria Júlia, enquanto que a oposição terá quatro vereadores.

Número de mulheres eleitas para Prefeituras cai 25% no Paraná

O número de mulheres eleitas para as Prefeituras municipais do Paraná caiu 25% em 2016, em relação ao pleito anterior, de 2012. Das 399 cidades do estado, apenas 29 devem ser comandadas por mulheres a partir de 2017. Nas Eleições de 2012, 39 mulheres foram eleitas para o executivo municipal, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A cada 10 prefeitos eleitos no 1º turno, apenas uma é mulher

Ao todo, 104 mulheres se candidataram para as Prefeituras paranaenses nas eleições 2016, contra 980 homens, que vão assumir o comando de 365 cidades do estado, de acordo com o TSE. Em três cidades do estado – Maringá, Ponta Grossa e Curitiba – haverá segundo turno, mas só há homens na disputa.

Em todo o país, a cada dez prefeitos eleitos, apenas um é mulher. O Paraná é o quarto estado com menor número de mulheres administrando as prefeituras, em apenas 7,2% dos municípios. O Espírito Santo foi o pior estado, com 5,4% de mulheres eleitas, seguido do Rio Grande do Sul, com 6,1% e Minas Gerais, com 7,3%.

- Publicidade -
COMPARTILHE

1 COMENTÁRIO

IMPORTANTE: O Click Riomafra não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários publicados pelos seus usuários. Todos os comentários que estão de acordo com a política de privacidade do site são publicados após uma moderação.
  1. Quem faz deve continuar fazendo e cada vez mais em prol do povo, Campo do Tenente esta de parabens pela escolha do prefeito. A familia Quege é honrada e trabalhadora, tive a honra de estar na festa de casamento da dona Marli, onde se deu inicio a esta gloriosa familia. Parabens a todos.
    Jair Boaventura
    Caçador-SC

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário.
Por favor, informe o seu nome.