Igrejas Católicas suspendem celebrações em Quitandinha e Campo do Tenente

Como medidas protetivas contra a COVID-19, todas as paróquias cancelaram as celebrações e suspenderam a agenda de batizados, casamentos e momentos devocionais já tradicionais nas igrejas, como novenas, vigílias e grupos de oração

Por Gazeta de Quitandinha e Campo do Tenente - 21/03/2020

Na tarde da última terça-feira (17), as Igrejas Católicas de Rio Negro, Campo do Tenente e Quitandinha suspenderam todas as missas e celebrações até o dia 31 de março. A medida está amparada no decreto nº 4230, do governo do estado do Paraná, publicado nesta segunda-feira (16).

Como medidas protetivas contra a COVID-19, todas as paróquias cancelaram as celebrações e suspenderam a agenda de batizados, casamentos e momentos devocionais já tradicionais nas igrejas, como novenas, vigílias e grupos de oração. Os mutirões de confissão também foram suspensos.

As catequeses e retiros também foram suspensos em comunicado oficial produzido pelos párocos, bem como as visitas dos ministros a casa de idosos e doentes. Os padres deverão realizar visitas apenas a doentes graves, para administração do sacramento da Unção dos Enfermos.

O comunicado também informa que as Igrejas matriz de cada paróquia deverão permanecer abertas durante a semana para orações individuais de cada paroquiano. Os párocos pedem que as pessoas se unam em oração e fiquem atentas às orientações da saúde para as ações preventivas.

O calendário relativo às celebrações da Semana Santa será revisto com base em orientações da Diocese, e divulgado posteriormente.

VEJA O COMUNICADO

Aos paroquianos das Paróquias de Campo do Tenente, Quitandinha, e Rio Negro

Nós párocos das paróquias Cristo Rei Senhor Bom Jesus da Cana Verde; Senhor Bom Jesus da Coluna e Nossa Senhora Aparecida, considerando o decreto 4230 do governo do estado do Paraná e do comunicado da Diocese de São José dos Pinhais do dia 17 de março 2020 sobre os cuidados e das medidas protetivas, decorrentes do COVID-19 e de comum acordo e com aval de Dom Celso Antônio Marchiore, decidimos.

– Suspender a partir do dia 19 de março todas as missas e celebrações em todas as paróquias até o dia 31 de março de 2020;

– Suspender as celebrações de batizado, matrimônios e momentos devocionais (as novenas, vigílias, grupos de oração, cerco de Jericó e afins);

– Cada paróquia dentro das suas possibilidades de realizar missões privadas com transmissão pelas redes sociais e rádios;

– Suspender as atividades da catequese, e outros encontros retiros, eventos sociais e afins até que esteja tudo normalizado;

– Os ministros devem evitar a visitação as casas de idosos, doentes, os padres irão administrar a unção dos enfermos aos doentes graves, utilizando as formas adequadas de proteção;

– Suspender os mutirões de confissões;

– A Igreja Matriz de cada paróquia permanecerá aberta para a oração individual de cada paroquiano;

– Sobre as celebrações da semana santa iremos aguardar as orientações da diocese, no tempo oportuno pedimos a todos os nossos paroquianos que compreendam a este situação grave em nosso país e que de suas casas, nos unamos em oração e que sejamos estejamos atentos aos comprimentos das normas governamentais e eclesiais.

- Publicidade -
COMPARTILHE

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário.
Por favor, informe o seu nome.