Granizo causou danos pontuais nas lavouras em setembro, diz Epagri

Por Assessoria - 25/09/2021

Entres os dias 17 e 21 de setembro, Santa Catarina foi atingida por¬†granizo,¬†que causou danos nas culturas agr√≠colas das regi√Ķes Extremo Sul, Oeste, Meio Oeste e Alto Vale do Rio Itaja√≠. Levantamento da Epagri indica que tabaco, trigo, milho, p√™ssego, ameixa, nectarina, erva-mate e pastagens foram as culturas afetadas.¬†Darlan Rodrigo Marchesi, gerente estadual de extens√£o da Epagri, destaca que, no contexto estadual, os eventos n√£o causaram forte impacto na agricultura. ‚ÄúMas os agricultores que tiveram seus cultivos atingidos sofreram perdas significativas‚ÄĚ, ponderou. A recomenda√ß√£o agora √© que os produtores rurais que tiveram preju√≠zos procurem os¬†escrit√≥rios da Epagri¬†em seus munic√≠pios, para conhecer as medidas as serem adotadas.

- CONTINUA AP√ďS A PUBLICIDADE -

No estado, foram atingidos 611 hectares de tabaco, com perdas entre 20 e 40% nas lavouras afetadas. A cultura do trigo teve perdas próximas a 20% em 400 hectares. No caso do milho, 63 hectares sofreram com o granizo, registrando prejuízos próximos a 15%. Na fruticultura, foram 49 hectares de pêssego, ameixa e nectarina, com perdas que chegam a 85% nos pomares afetados. A erva-mate sofreu perdas de 20% em 200 hectares. No caso das pastagens, 500 hectares sofreram com o evento meteorológico.

Extremo Sul

O Extremo Sul foi uma das regi√Ķes mais atingidas pelo granizo. Morro Grande, S√£o Jo√£o do Sul, Timb√© do Sul, Meleiro e Balne√°rio Gaivota foram os munic√≠pios mais afetados, com maiores perdas na cultura do tabaco. Cerca de 80 produtores j√° acionaram o seguro antigranizo, segundo informa√ß√Ķes obtidas junto √† Associa√ß√£o dos Fumicultores do Brasil (Afubra). ‚ÄúAs lavouras de tabaco atingidas sofreram perdas entre 20% e 40%‚ÄĚ, informou Edson Borba, gerente regional da Epagri em Crici√ļma. Ele explicou que a fase avan√ßada de desenvolvimento das plantas na regi√£o deixou essa cultura mais suscet√≠vel ao granizo.

√Āreas de¬†milho¬†foram afetadas pelo granizo no Extremo Sul, por√©m em menor propor√ß√£o, j√° que as plantas est√£o em fase inicial de desenvolvimento. Os pomares de maracuj√° tamb√©m sofreram, principalmente em Balne√°rio Gaivota, com danos em folhas nos est√°gios iniciais, mas com possibilidade de recupera√ß√£o. Cerca de 35 casas do meio rural de S√£o Jo√£o do Sul e Balne√°rio Gaivota registraram danos em telhados.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Meio-oeste

De acordo com o gerente regional da Epagri em Videira, Jonatan Galio, Lebon R√©gis, no Meio-oeste do Estado, registrou danos em 10 hectares de alho e 12 de cebola, com perdas de 10% e 5%, respectivamente, com possibilidade de recupera√ß√£o. ‚ÄúJ√° em Fraiburgo, cerca de 49 hectares de p√™ssego, ameixa e nectarina registram danos severos, chegando a perdas entre 80% e 85% de produtividade‚ÄĚ, enumerou o gerente. Estes danos foram ocasionados pela derrubada dos frutos e perda da qualidade. A cultura da ma√ß√£, que est√° em fase de flora√ß√£o, n√£o sofreu danos significativos com os epis√≥dios recentes de granizo.

Cerca de 300 fam√≠lias do meio rural foram atingidas em Timb√≥ Grande, com relatos de danos em resid√™ncias, galp√Ķes e abrigos de cultivo protegido, entre outras estruturas. Os cultivos mais afetados foram uva ‚Äď com desfolha severa em est√°gio inicial de brota√ß√£o ‚Äď e erva-mate, que teve 200 hectares tamb√©m desfolhados, causando 20% de perdas. Ainda neste munic√≠pio, tr√™s estabelecimentos de morango foram afetados e 500 hectares de pastagens de inverno danificadas com desfolha moderada a severa.

Oeste

‚ÄúNa regi√£o Oeste, Coronel Freitas foi o munic√≠pio mais atingido pelo granizo, com perdas da ordem de 15% no cultivo de tabaco‚ÄĚ, descreveu o gerente regional da Epagri em Chapec√≥, M√°rio Jovino. ‚ÄúAl√©m disso, cerca de 400 hectares de trigo foram afetados, com perdas de 20%, decorrentes do tombamento de plantas e debulha de gr√£os. Em Planalto Alegre, tamb√©m foram registradas perdas pr√≥ximas a 25% e 15% nos cultivos de tabaco e milho, respectivamente‚ÄĚ, completou Jovino.

Alto Vale e Planalto Sul

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Na regi√£o do Alto Vale do Rio Itaja√≠, lavouras de fumo foram afetadas nos munic√≠pios de Vitor Meireles e Rio do Campo. ‚ÄúComo nestes locais as plantas s√£o mais jovens, os danos foram menores e com maior possibilidade de recupera√ß√£o‚ÄĚ, informou o gerente regional da Epagri em Rio do Sul, Jos√© M√°rcio Lehmann.

Relatos dos agricultores e das lideranças do setor revelam que, na região de Lages, no Planalto Sul, o granizo ocorreu principalmente em áreas urbanas. Os municípios mais atingidos foram Anita Garibaldi, Palmeira, Painel, Capão Alto, Campo Belo do Sul, Lages, Otacílio Costa e Correia Pinto.

Recomenda√ß√Ķes

‚ÄúOs agricultores afetados devem procurar orienta√ß√£o t√©cnica nos escrit√≥rios da Epagri, para encaminhar os procedimentos e manejos pertinentes‚ÄĚ recomendou Darlan. Segundo ele, √© necess√°rio verificar a possibilidade de enquadramento no Proagro, nos casos de lavouras financiadas, ou no Seguro Agr√≠cola.

Darlan relatou ainda que, para minimizar os danos no tabaco e erva-mate, a orientação é antecipar a colheita quando possível. Na fruticultura, é importante adotar manejo de doenças que possam acometer as plantas feridas pelo granizo. Nas lavouras de milho, a recomendação é acompanhar a densidade de plantas, verificando a necessidade ou não de ressemeadura e, quando possível, antecipar a adubação de cobertura.

Segundo Cl√≥vis Levien Correa, meteorologista da¬†Epagri/Ciram, os epis√≥dios de granizo em setembro foram ocasionados pela forma√ß√£o de um Cavado (√°rea alongada de baixa press√£o) e pelo Jato Subtropical em altos n√≠veis da atmosfera. ‚ÄúEsta combina√ß√£o favoreceu a forma√ß√£o de nuvens de desenvolvimento vertical, chamadas de superc√©lulas, que proporcionam vento forte e granizo, entre outros fen√īmenos‚ÄĚ, destacou Cl√≥vis. O meteorologista alertou que a primavera √© um per√≠odo prop√≠cio para ocorr√™ncia de granizo, por isso a recomenda√ß√£o √© para que os agricultores fiquem ainda mais atentos √†¬†previs√£o do tempo¬†nesta esta√ß√£o do ano.

- Publicidade -
COMPARTILHE

PUBLIQUE UM COMENT√ĀRIO

Por favor, digite o seu coment√°rio.
Por favor, informe o seu nome.