Renda passiva com investimentos: como fazer o seu dinheiro render mais

Por Assessoria - 14/09/2021

Muito provavelmente você já escutou alguém falar aquela velha frase “faça o dinheiro trabalhar para você”, e quando as pessoas falam isso, geralmente estão se referindo a investimentos. Mais especificamente, a uma renda passiva. Se você ainda não sabe, é possível viver inteiramente dos “juros” de seus investimentos, sem que você tenha que, efetivamente, trabalhar.

Ter uma renda passiva significa que você vai sempre ter um orçamento extra no final do mês, e um excelente exemplo disso são os investimentos em ativos. Mas para que você entenda como tudo isso funciona, e como é possível dar os seus primeiros passos dentro desse setor, criamos esse guia detalhado para te ajudar.

Por que ter uma renda passiva?

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

O brasileiro é acostumado a ter apenas a poupança como forma de renda passiva, mas a verdade é que a poupança é extremamente limitada. Por conta disso, os brasileiros têm se interessado cada vez mais em investimentos, e o número de investidores na B3 está aumentando cada vez mais.

A renda passiva é uma forma de você fazer com que o seu dinheiro esteja sempre rendendo, e por mais que no começo seus investimentos acabem rendendo pouco, com o passar do tempo o valor investido vai se multiplicando de forma exponencial.

Esse tipo de renda é o que o leva a independência financeira, o que em outras palavras significa que você simplesmente pode se sustentar apenas da renda passiva de seus investimentos, podendo curtir a sua vida da forma que achar melhor!

Diferentemente da renda ativa, que requer esforço, dedicação, tempo e energia, a renda passiva simplesmente está ali, todos os meses, sendo uma constante em sua vida, e muitas vezes, inclusive, sendo um porto seguro para quando algum imprevisto acontece.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Quais são os principais tipos de renda passiva?

O primeiro tipo é a renda passiva com capital, que é feita através de investimentos. Basicamente, você compra ações de determinadas empresas ou negócios, e essas ações vão render dividendos mensais para você.

O valor desses dividendos vai sempre variar de acordo com a ação escolhida. Mas para conseguir utilizar esse tipo de ação, é necessário ter conta dentro de uma corretora, como por exemplo, a RoboMarkets, onde você vai poder negociar e acumular as suas ações.

O segundo tipo de renda passiva é a sem capital, que não requer nenhum tipo de investimento. Esse tipo de rendimento é bem interessante, mas para isso é necessário possuir royalties, fazer parte de uma sociedade, ou até mesmo possuir direitos de imagem.

Dê os primeiros passos rumo a sua independência financeira

Começar uma renda passiva é algo que leva tempo, principalmente se você não tem uma grande quantia para investir. Mas para poder fazer isso, é necessário estudar um pouco mais sobre investimentos, a fim de que você possa escolher as ações mais atrativas e os dividendos mais estáveis do mercado.

Quanto antes você começar, melhores serão os seus resultados a longo prazo, e se você for bom mesmo em fazer investimentos, pode até tentar fazer trading para ter ainda mais retorno financeiro.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -
- Publicidade -
COMPARTILHE

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário.
Por favor, informe o seu nome.