Campanha Outubro Rosa da Saúde de Mafra busca zerar a fila de mamografias

Ultrassonografia das mamas e transvaginal são os outros exames cujas filas estão sendo zeradas. Cirurgias femininas também estão sendo programadas.

Por Assessoria - 17/10/2019

A campanha do Outubro Rosa da Secretaria de Saúde de Mafra vem sendo realizada desde o início do mês. O tema escolhido para a campanha 2019 é “Não conte com a sorte. É a prevenção que te deixa forte” e foi criado pela servidora Luciana Rochinski.

ZERANDO EXAMES

Dentre as ações que vêm sendo realizadas, incluindo a conscientização e a importância do autocuidado, a Saúde de Mafra está mobilizando esforços para zerar as filas de exames relacionados à prevenção do câncer de mama e do colo do útero, que são: mamografia, ultrassonografia das mamas e ultrassonografia transvaginal.

A mamografia é o principal exame por imagem para rastreamento do câncer de mama em fase inicial, sendo que detecta pequenas lesões que muitas vezes não são identificadas no autoexame da mama. A recomendação do exame, pelo Ministério da Saúde, é a cada dois anos, dentro da faixa etária dos 50 aos 69 anos.

A ultrassonografia das mamas analisa os tecidos das mamas, detectando nódulos, lesões e possíveis tumores, sendo um exame complementar que não substitui a mamografia.

Já a ultrassonografia transvaginal analisa a estrutura dos órgãos reprodutivos femininos (ovários, útero e colo uterino), detectando possíveis alterações.

De acordo com a programação estipulada para a realização de cada exame, os profissionais estão entrando em contato com as pacientes, repassando todas as informações e orientações. Não existe a necessidade de deslocamento prévio até a unidade de saúde.

CIRURGIAS

Além dos exames, a Saúde de Mafra está programando as cirurgias femininas relacionadas às detecções apontadas pelos exames. Da mesma forma que vem sendo realizado com os exames, as pacientes também serão informadas desta programação. Os procedimentos estão sendo delineados para que venham a ser realizados dentro do município, no Hospital São Vicente de Paulo, no menor prazo possível.

CUIDADOS

O câncer de mama é o segundo tipo mais frequente entre as mulheres brasileiras e representa em torno de 25% de todos os que afetam o sexo feminino. Não existe uma causa única para a doença, mas alguns cuidados fazem parte da prevenção. Praticar atividades físicas e adotar uma alimentação saudável, buscando a manutenção do peso corporal adequado, são ações que estão associadas a um menor risco de desenvolver o câncer de mama, sendo que 30% dos casos podem ser evitados com a adoção de tais hábitos. A amamentação também é considerada um fator protetor. Os dados são do Instituto Nacional do Câncer – INCA. “Os cuidados e a conscientização são muito importantes na prevenção. É fundamental que as mulheres estejam sempre atentas a qualquer alteração suspeita nas mamas, buscando nestes casos as suas unidades de saúde para que um profissional possa orientar e realizar a investigação diagnóstica”, salienta Jaqueline Previatti Veiga, secretária de Saúde de Mafra.

- Publicidade -
COMPARTILHE

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário.
Por favor, informe o seu nome.