CASAN se manifesta e afirma que segue gerenciando o saneamento de Mafra

Por Redação Click Riomafra - 06/04/2020

Em nota divulgada nesta segunda-feira (06), a CASAN reitera à população de Mafra que continua gerenciando o Sistema de Abastecimento de Água do município. Leia a nota na íntegra:

Apesar de manifestação da Prefeitura por intermédio de um Decreto Municipal, a operação do sistema local em nada está alterada, ainda mais neste momento em que a água é fundamental para higienização e combate ao coronavírus. Mesmo encerrado formalmente o convênio de cooperação, a empresa segue prestando os serviços de saneamento à população, um trabalho reconhecido e elogiado pela sociedade de Mafra. Há, inclusive, uma liminar que mantém a CASAN na gestão do sistema.

Há mais de dois anos a Companhia busca viabilizar, conjuntamente com o Governo do Estado de Santa Catarina, a renovação do vínculo de gestão associada, inclusive para que se permita concluir as obras do Sistema de Esgotamento Sanitário iniciadas na cidade.

A Prefeitura de Mafra esclareceu através das redes sociais que o Decreto nº 4.301 foi publicado para dar cumprimento a uma etapa legal, dando continuidade ao processo administrativo que tramita perante o Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina, cujos prazos estavam suspensos até 31 de março de 2020. A prefeitura informou ainda que não há atualmente qualquer risco de rompimento entre o município e a Casan, que segue obrigada, por determinação judicial a permanecer à frente do sistema.

O Decreto foi revogado após a repercussão negativa.“CONSIDERANDO que interpretações distorcidas e negativas, e amplamente divulgadas em redes sociais, vêm causando insegurança na população quanto à suposta possibilidade de desabastecimento de água no Município durante o período de quarentena, instituída em decorrência da pandemia global do novo Coronavírus (COVID-19”, afirma o Decreto de revogação.

- Publicidade -
COMPARTILHE

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário.
Por favor, informe o seu nome.