CEMMA realiza o Dia do Sanduiche Natural

Por Assessoria - 09/04/2019

As escolas da rede municipal de Mafra iniciaram o ano de 2019 com o propósito de dar continuidade à prática já comum nas unidades, que é manter a qualidade da alimentação oferecida aos alunos. E a inovação nos preparos tem sido um dos pontos fortes dessa alimentação, que se reflete no interesse dos alunos, que aprendem a ingerir mais frutas e verduras e compartilham esse aprendizado em suas casas.

Nesse sentido, o Centro de Educação do Município de Mafra (CEMMA) realizou, no inicio de abril, o Dia do Sanduíche Natural para todos os 163 alunos do 1º ano, divididos em 8 novas turmas, que ingressaram neste ano na escola. Os sanduíches foram preparados pelos próprios alunos, que arrumaram no pão a alface, a cenoura e o frango desfiado. As expressões eram de expectativa e curiosidade em poder preparar o próprio sanduíche e de satisfação ao começarem a comer. O momento marcou ainda o Dia a Nutrição, comemorado em 31 de março. Todo o trabalho de alimentação nutricional dos alunos foi apresentado aos pais, que apoiaram e incentivaram as ações.

A gestora da unidade, Marilei Martins Coutinho, explicou que o sanduíche já faz parte do cardápio da escola. “É uma forma de desenvolver a prática educativa de forma lúdica, dinâmica e participativa e é ainda uma motivação em relação à aceitação da alimentação escolar”, explicou.  E destacou que a atividade foi o ponto de partida, pois nesse ano teremos o projeto “O despertar para a saúde e qualidade de vida”, que será desenvolvido pelos professores de Educação Física no Ensino Fundamental.

SELO DO FNDE

A gestora explicou ainda que a escola participou, no ano passado, da 2ª edição da Jornada de Educação Alimentar e Nutricional do FNDE, que incentivou  ações  desenvolvidas em relação a alimentação saudável dentro do currículo educacional e possibilitou a reflexão necessária para toda a comunidade escolar. “Trabalhamos durante o ano de 2018 com ações divididas em quatro etapas. Na última implantamos a horta escolar, propondo pequenas mudanças ao longo do processo educativo e também a prática saudável da alimentação”, esclareceu.  E concluiu afirmando que será dada continuidade às atividades, devido ao incentivo que a escola proporciona aos alunos.

No final do ano a escola recebeu a men̤̣o honrosa pela participa̤̣o na jornada, em reconhecimento ao fortalecimento das a̵̤es do EAN РEduca̤̣o Alimentar e Nutricional.

- Publicidade -
COMPARTILHE

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário.
Por favor, informe o seu nome.