Educação de Mafra busca inovação ao incentivar implantação de jardins sensoriais nas unidades da redemunicipal

Escola Comecinho de Vida já implantou seu jardim para trabalhar os cinco sentidos

Por Gazeta de Riomafra - 15/08/2019

A Secretaria Municipal de Educação de Mafra vem inovando na maneira de trabalhar o acolhimento e atendimento aos alunos da rede municipal de ensino, incentivando os centros de educação infantis do município a atuarem desenvolvendo os sentidos e percepções das crianças. Para tanto tem incentivado a implantação dos Jardins sensoriais junto aos seus 14 centros. E os resultados começaram aparecer.

Os 370 alunos do CEIM Comecinho de Vida “Nathan Alex Ramos” tiveram uma grata surpresa na volta das férias: um jardim sensorial, preparado pela equipe gestora da escola, com apoio da APP e da comunidade. E a reação dos alunos foi positiva, demonstrando, no início, curiosidade, passando para a diversão no minuto seguinte. O Jardim Sensorial tem como proposta trabalhar os cinco sentidos: visão, tato, olfato, audição e paladar, aliando o cuidado e respeito ao meio ambiente.

A gestora Denise Ruthes buscou melhorar o espaço verde da escola, ajustando as opções para as crianças. Lá elas se depararam com uma casa na árvore, canteiros de flores, de ervas, de temperos e de verduras e diversos cantinhos de suculentas. Tem ainda o cantinho da roda de conversa, uma cozinha ao ar livre, pallets com materiais que emitem sons (feitos com tampas velhas), fileiras de pneus para trabalhar o equilíbrio e pneus com pedrinhas, cascalho, areia, espuma, pedras roliças, terra e grama para trabalhar as sensações ao pisar descalço em elementos diferentes. Além do contato com a natureza, o projeto do parque sensorial visa trabalhar a necessidade de reciclagem de materiais e o respeito ao meio ambiente.

RESPEITO E CUIDADO COM A NATUREZA

Para cada turma que conhece o jardim sensorial os professores orientam sobre a importância de cuidar respeitar e cuidar das plantas e dos animais. A gestora explicou que, para inseri-los no processo, haverá escalas para as crianças ajudarem a cuidar e regar as hortaliças, flores e temperos. Além das crianças, os pais também foram convidados a conhecer o jardim sensorial.

As crianças demonstraram ter gostado muito da surpresa. Maria Eduarda, Sofia, Jade e Ana Laura, da turma do Jardim I adoraram. Todas falando ao mesmo tempo descreviam o que mais gostaram. “Gostamos de tudo, por que é ótimo! É muito legal pisar na areia e nas pedrinhas, mas as brancas doem um pouco. Também é legal subir na casa da árvore. Gostamos até das suculentas”, declararam.

A gestora Denise agradeceu a todos os pais – em especial aos senhores José Nones, José Eduardo Fernandes, André Luis Bendlin e Gilson Steidel que se fizeram muito presentes na obra -, amigos, APP e equipe da escola pela colaboração na realização desse projeto. Também aos parceiros Lojas Zaine, Nobre Oficio e Esquadrias Albino e demais colaboradores que doaram pneus, pallets e caixotes. “Nada se constrói sozinho, senão em parceria, em conjunto com o próximo, com sinergia e espírito coletivo”, declarou.

JARDIM SENSORIAL

O Jardim Sensorial visa despertar novas experiências de aprendizagem significativas, usando todas as capacidades sensoriais e com isso elevar a qualidade das vivências infantis. O Jardim Sensorial é uma forma de retomar a consciência corporal, a percepção, a concentração, o equilíbrio e a coordenação das crianças através dos sentidos.

- Publicidade -
COMPARTILHE

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário.
Por favor, informe o seu nome.