Mafra está engajada na luta contra o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes

Por Assessoria - 13/05/2022

O Dia 18 de Maio vem lembrar e convocar a todos – poder público, sociedade civil organizada e cada cidadão brasileiro – ao compromisso com o enfrentamento ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes e à reafirmação do compromisso com a proteção de cada criança e adolescente de nosso país

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Em Mafra, flores amarelas pelo fim do abuso sexual contra crianças e adolescentes já podem ser vistas espalhadas pelas ruas e avenidas da cidade. Elas simbolizam o combate contra essa violência,  por ser um  problema generalizado e que merece atenção da sociedade e dos governos para atuar em termos de prevenção, tendo em vista o impacto que acarreta aos indivíduos e famílias.

Anualmente durante o mês de maio, a Prefeitura e Mafra realiza por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, a campanha pelo “Fim da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes”. Desenvolve trabalho de conscientização acerca do tema, com palestras, colocando faixas em locais estratégicos e de grande visibilidade pelo público, realizando panfletagem e trabalhando o tema nas escolas e serviços socioassistenciais.

Em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, está sendo realizado trabalho de conscientização em sala de aula, com os alunos do 1º ao 5º anos e palestra com a Equipe Técnica da Secretaria de Assistência Social e Habitação e o Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS,  para os alunos do 6º ao 9º anos. E por fim, no dia 18 de maio, considerado o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes  realizará   pedágio no Semáforo da Praça Lauro Muller, Alto de Mafra, das 9 às 11 horas, com entrega de folders e materiais informativos relativos à campanha.

Por que 18 de maio?

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Nesse dia, em 1973, uma menina capixaba de Vitória-ES foi sequestrada, espancada, estuprada, drogada e assassinada. Seu corpo apareceu 6 dias depois desfigurado por ácido. Os agressores jamais foram punidos. O movimento em defesa dos direitos das crianças e adolescentes, após uma forte mobilização, conquistou a aprovação da Lei Federal 9.970/2000, que instituiu o 18 de maio como Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, com o objetivo de mobilizar a sociedade brasileira e convocá-la para o engajamento pelos direitos de crianças e adolescentes e na luta pelo fim da violência sexual.

Portanto, esse é um dia em que toda a população do Brasil deve se manifestar contra a violência sexual cometida contra crianças e adolescentes. É oportuno lembrar que frente à realidade brasileira e mundial que, apesar de notáveis avanços científicos e tecnológicos, ainda convive com episódios de violação de direitos de crianças e adolescentes.

COMPARTILHE

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário.
Por favor, informe o seu nome.