O maior sentimento desta semana se chama Renovação

Enviada por Jonathan Roger Linzmeyer - 10/10/2018

Após uma campanha eleitoral diferente, com pensamentos de forte rejeição a velha política e costumes eleitorais, o dia D surpreendeu até os mais “especialistas” políticos do Brasil, em especial de Santa Catarina.

No setor de marketing, a questão mais importante a ser analisada é o que realmente vale a pena e onde é melhor investir. Uma tendência que não pode ser mais desprezada são as redes sociais, pois tanto no estado, quanto no Brasil, quem teve mais tempo na TV não chegou lá. Outra questão é o próprio material impresso, que indiscutivelmente, foi trocado pelo WhastApp e outras formas eletrônicas de transmitir a história e os propósitos dos candidatos. Vale o destaque para o PSL em Santa Catarina que trabalhou com material reduzido e pouca propaganda, ainda assim elegeu uma bancada histórica para um partido novo em nosso estado.

Precisamos seriamente pensar em abolir as tais pesquisas eleitorais. Chegou mais do que a hora de se questionar a veracidade das informações e até onde pode ser influenciadora numa disputa eleitoral. Levo este como o exemplo do candidato a senador do PSL em Santa Catarina. Acredito que se fosse colocado entre os favoritos, como aconteceu no voto, com certeza ele seria eleito, pois muita gente não votou no candidato, pois estava um percentual baixo nas pesquisas divulgadas. Da mesma forma, serve para o Candidato a Governador que foi para o segundo turno.

Comandante Moises desbancou o então favorito nas pesquisas e surpreendeu até mesmo os correligionários do partido.

Já na Assembleia estadual, a renovação surpreendeu ainda mais, pois com menos de dois meses de campanha oficial, geralmente quem já está no cargo acaba tendo certa vantagem de imagem conhecida. Mas desta vez não aconteceu isso e a renovação passou dos 50% no total. Apenas 18 deputados se reelegeram e 11 que tentaram a reeleição ficaram de fora.

Indiferente de quem ganhar para governador, o Estado de Santa Catarina já renovou.

Agora precisamos pensar, estudar e irmos conscientes para o segundo turno. Votar com responsabilidade e acima de tudo, temos a oportunidade de avaliar as bancadas eleitas. Ver quem pode se sair melhor no governo tendo uma “situação” mais confortável para aprovar projetos e continuar mantendo o nosso estado um exemplo de força. Precisamos principalmente trabalhar para manter o nosso estado este berço do empreendedorismo e de pessoas trabalhadoras.

Estamos a um passo de um novo País!

Queremos um país livre e independente, onde o empreendedor seja a peça chave para o crescimento, e principalmente, seja sempre visto como um gerador de riquezas.

Acima de tudo, queremos um país com ordem e progresso!

Texto de Jonathan Roger Linzmeyer
Empreendedor e Presidente da Acisbs – Associação Empresarial de São Bento do Sul

- Publicidade -
COMPARTILHE

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário.
Por favor, informe o seu nome.