Empregada doméstica é estuprada em cárcere privado na Roseira

Por Gazeta de Riomafra - 21/11/2019

Na manhã deste domingo (17/11), por volta das 08h40min a Policia Militar de Rio Negro, recebeu uma denuncia, onde a solicitante, relatou via 190, que uma mulher apareceu em sua residência, na estrada principal da Roseira.

A solicitante relatou que a referida mulher, estava nua e com vários ferimentos nas pernas e nas suas partes intimas, estava desesperada em estado de choque.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Uma equipe da Policia Militar se deslocou até ao local e constatou a veracidade dos fatos. A vítima foi identificado e além dos ferimentos, estava bem fraca e desorientada. A vitima relatou que na quinta-feira, foi fazer o trabalho de doméstica, na residência de um sargento militar do exército brasileiro.

Ela relatou que deste dia ficou em cárcere privado e foi agredida e abusada sexualmente pelo sargento e sua esposa e mais um homem. Ela relatou que na manhã deste domingo, conseguiu fugir e buscar ajuda.

A mulher foi encaminhada pela equipe policial até ao hospital Bom Jesus de Rio Negro, para atendimento médico.

De posse das informações a equipe policial se deslocou até a residência, que a mesma ficou em cárcere privado na localidade da Roseira. Chegando ao local foi encontrada a residência fechada. Os vizinhos confirmaram que a casa tratava-se da residência do militar do exército e que momentos antes, um veículo VW/Gol, G2, duas portas de cor prata, havia saído do local em alta velocidade.

Os vizinhos também confirmaram terem visto a doméstica no interior da referida residência.

Segundo o 5º RCC, o referido sargento acusado do estupro e cárcere privado, a cerca de um mês foi transferido para outra unidade militar. Agora a denúncia contra o sargento militar pela suspeita de estupro e cárcere privado, será acompanhada pelo Exército Brasileiro e as investigações pela Policia Civil da Delegacia de Rio Negro.

- Publicidade -
COMPARTILHE

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário.
Por favor, informe o seu nome.