Após décadas, Rio Negro poderá ter novamente um semáforo na cidade

Por Gazeta de Riomafra - 29/10/2020

Nos últimos anos o número de veículos circulando nas vias de Rio Negro aumentou consideravelmente, isso sem consideramos a frota de Mafra que circular diariamente nas ruas rionegenses.

A falta de planejamento na mobilidade urbana vem sendo escancarada a cada dia que passa.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Um dos pontos críticos é na rotatória da avenida Saturnino Olinto, esquina com as ruas Camarista João Hirt e Ildefonso Camargo de Mello. Não só nos horários de picos, mas como em outros horário o local, devido ao grande fluxo, enfrenta problemas de congestionamento.

Porém segundo a reclamação da população, não é apenas este cruzamento que há congestionamento, mas sim em várias outras vias da cidade que também poderia ser instalados semáforos.

Nesta semana a Câmara de Vereadores apresentou um requerimento solicitando que o executivo municipal realize o estudo para que seja instalado um semáforo no cruzamento como medida para organizar o trânsito no local.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Os sinaleiros que haviam na rua Vicente Machado foram retirados na área central da cidade no início dos anos 90, quando ocorreu a implantação do calçadão em 1994

Rio Negro com cerca de 34.500 habitantes e Campo Mourão com cerca 95.500 habitantes são algumas das raras cidades do Brasil acima de 30 mil habitantes que não possuem nenhum semáforo nas vias públicas.

- Publicidade -
COMPARTILHE

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário.
Por favor, informe o seu nome.