População volta a cobrar mais policiais para combater o aumento da violência em Rio Negro

Por Gazeta de Riomafra - 09/10/2021

A população rionegrense volta cobrar das autoridades locais mais segurança no município, algo que já é prometido tanto pelas autoridades locais quando as estaduais há décadas, porém somente promessas e mais promessas, tanto de prefeitos, vereadores, deputados, o govenadores durante todos estes anos.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Na última sessão da Câmara os vereadores de Rio Negro aprovaram um requerimento solicitando ao deputado estadual Emerson Bacil uma audiência com o Secretário de Estado da Segurança Pública, Rômulo Marinho Soares.

O objetivo dos vereadores é solicitar ao secretário o aumento do efetivo da Polícia Militar no município.

Na justificativa para o pedido ao deputado estadual os vereadores destacam o aumento da criminalidade e da população em Rio Negro e, a necessidade de buscar ações concretas para o aumento do efetivo policial na cidade. Segundo os vereadores “estamos vivendo uma insegurança crescente que afeta a todos, inclusive o nosso comércio”.

O requerimento transformado em ofício foi encaminhado ao gabinete do deputado estadual Emerson Bacil. Os vereadores aguardam agora data e horário da audiência com o secretário de Estado de Segurança Pública. 

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Candidatos a prefeito na última eleição novamente se comprometeram com a segurança

A população rionegrense lembra o do calor dos debates eleitorais em 2020, quando o assunto foi colocado entre as propostas dos 4 candidatos a prefeito: Alceu R. Swarowski, Bruno Alves, Gari Kiatkoski e James K. Valério.

James, como candidato eleito, na ocasião, disse que seu governo iria reforçar o sistema de segurança pública local com a criação ou implantação do Departamento Municipal de Segurança Patrimonial, incluindo viaturas para rondas ostensivas em apoio ao serviço da Polícia Militar.

Também garantiu a instalação da Companhia da PM em parceria com o governo do estado, para sanar o antigo problema da falta de efetivo policial no município. Porém, até o momento nenhum dos projetos saiu do papel.

Nota da redação da Gazeta de Riomafra

Falta de segurança, aumento da violência, falta de efetivo, aumento de policiais… assuntos antigos e que se repetem há anos em Rio Negro, que são requentados durante o calor das campanhas eleitorais em Rio Negro. E por muitas vezes, lembrado quando são registrados atos de violência na área central do município.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Nestes casos sempre aparecem os “figurões da política” com a solução para a falta de efeito policial na cidade.

Rio Negro vive este dilema há mais de mais de 5 décadas e até hoje nossos políticos locais não mostraram força e competência junto ao estado para resolver ou sequer minimizar o problema.

Muito menos os deputados que se dizem representantes de Rio Negro o fazem.

A sociedade rionegrense fica nas promessas de nossas autoridades locais e estaduais onde reuniões e reuniões já foram realizadas e fotos estampadas nos jornais locais afirmando que Rio Negro teria aumento no efetivo militar, porém nada passam de falácias e marketing para enrolar o povo rionegrense.

Desta forma o cidadão que paga seus impostos e tem o sagrado direito a segurança tem que rezar e torcer e conviver com a insegurança e muitas vezes até dependente da ajuda da PM da cidade irmã/Mafra para nos socorrer.

- Publicidade -
COMPARTILHE

1 COMENTÁRIO

IMPORTANTE: O Click Riomafra não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários publicados pelos seus usuários. Todos os comentários que estão de acordo com a política de privacidade do site são publicados após uma moderação.
  1. Infelizmente os nossos representantes estão empurrando com a barriga, problemas que há muito tempo deveriam ter sido prioridade.

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário.
Por favor, informe o seu nome.