A matéria publicada na última edição da Gazeta de Itaiópolis, na qual o prefeito de Itaiópolis faz agradecimento ao governo do estado de Santa Catarina pela doação de um caminhão Alfa Romeo repercutiu nas redes sociais.

Vários comentários de sarcasmo circularam nas redes, onde os internautas desafiaram quem será o motorista do caminhão e o seu estado precário de conservação. Por outro lado, os desafiadores da gestão do atual prefeito, especialmente aqueles que criticam sem fundamentar seus comentários não pensaram quantos benefícios este caminhão trará ao município, especialmente aos agricultores.

Segundo informações, o caminhão tem sistema de freios modificado com estacionário e cuícas duplas. O motor do caminhão está “stand”, ou seja, nunca foi retificado desde que saiu da fábrica. O motor passará pela primeira retifica onde será recuperado virabrequim e trocados as demais peças como juntas, bronzinamento e mancais.

Ainda, segundo informações de um mecânico da Prefeitura, as afirmações de que não existem mais peças para esse tipo de caminhão, pois é muito velho não procedem. Uma retífica de motores de Rio Negrinho já passou orçamento a Prefeitura, onde está pedindo R$ 6.500,00 para retificar o motor do Alfa Romeo. Esse foi só o primeiro orçamento, mas o prefeito ainda está estudando a possibilidade de comprar outro motor para o caminhão, ou fazer a retífica em uma oficina que ofereça o menor preço. As hipóteses estão sendo estudadas.

Além do motor, que precisa ser recuperado, o caminhão também precisa de revisão na parte elétrica e vidros para a cabine. Segundo informações de um profissional do ramo, para custar caro o caminhão vai ser total recuperado por no máximo R$ 12 mil.

Os munícipes podem achar caro ou entenderem que não compensa gastar todo esse valor para recuperar um caminhão velho. Mas alguém já se perguntou quanto é que custa um frete dentro do território de Itaiópolis para transportar a escavadeira hidráulica da Prefeitura?

Para se ter uma ideia, o preço praticado no mercado por freteiros para o transporte desta máquina varia de R$ 400,00 a R$ 600,00, isso para apenas um frete, dependendo da distância. Sendo assim, se a escavadeira hidráulica da Prefeitura estiver na Linha Cerqueira, por exemplo, para levar ela até o São Roque o frete pode custar em torno de R$ 500,00.

Esta escavadeira é muito usada por agricultores, para abertura de valas, açudes, valas para silagem entre outras atividades. A máquina roda por várias comunidades do interior durante o ano. Neste sentido, a Prefeitura estava gastando valores absurdos com a contratação de caminhões para frete da máquina.

O prefeito de Itaiópolis lembra também que não se trata apenas de economizar com fretes, mas em ter um caminhão na hora que precisar para o transporte da escavadeira hidráulica. Trata-se também da praticidade em poder atender com mais brevidade aos agricultores e a população em geral.

Trocado em miúdos, a reforma do Alfa Romeo se pagará em menos de um ano. Serão cerca de 20 fretes, para pagar a reforma total do caminhão, que conforme já dito não custará mais de R$ 12 mil. Sendo assim, o município vai economizar muito quando o “Fenemê” estiver recuperado e pronto para transportar a escavadeira hidráulica e as outras máquinas da Prefeitura.