Na última sexta-feira (04) o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC), realizou o programa “Porque Saúde é Amor” (PSA) de prevenção ao câncer de próstata do homem do meio rural na comunidade de Moema, em Itaiópolis. O câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, atrás apenas do câncer de pele não-melanoma. O programa tem por objetivo a prevenção do câncer de próstata e oportunizar espaços de informação, também ficaram disponíveis demais assuntos de interesse do homem em comunidades rurais.

Itaiópolis é a segunda comunidade e região a ser beneficiada com o projeto, pois desta vez foram atendidos 102 homens. Durante amanhã, palestras foram dadas sobre o câncer de próstata e demais doenças que afetam a saúde do homem e também foram realizadas 98 coletas para exames e a distribuição de  lanche. Gilmar Zanluchi, superintendente do SENAR-SC, informou que o PSA é pioneiro no estado de Santa Catarina e já serve de modelo para o país reforçando a importância da qualidade de vida.  “Por meio da ação buscamos romper preconceitos em relação ao exame. Quando o produtor rural tem acesso às oportunidades, ele participa e previne várias doenças”, analisa.

O presidente do sindicato e vice-presidente regional da Faesc, ressaltou a importância da realização do programa na região. “A ação tem contribuído para ampliar a prevenção à saúde nas comunidades rurais. Além de conscientizar os homens de que mesmo não sendo possível evitar a doença, diagnosticá-la precocemente aumentam em 90% as chances de cura” – pontuou.

Para Carine Weiss Carneiro supervisora regional do Senar na região norte do estado, coordenadora do evento, a prevenção é o melhor caminho, pois na maioria das vezes o produtor prioriza suas atividades e sua saúde fica de lado. Esta questão cultural vem sendo mudada com a realização do programa “Mais uma vez os objetivos foram alcançados quanto à participação de todos e em relação ao número de pessoas atendidas, pois atingiu todas as expectativas”, salientou.

Produtores realizaram exames

Os produtores que apresentarem alterações no exame serão encaminhados para tratamento no serviço público de saúde. O evento terminou com almoço de confraternização e a entrega de chapéus aos homens atendidos. A ação foi uma iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária de Santa Catarina (Faesc), em parceria com o Sindicato dos Produtores Rurais de Itaiópolis no Planalto Norte e a Prefeitura Municipal por meio da Secretaria Municipal de Saúde. Segundo os organizadores, nos próximos meses e no ano que vem outros programas serão desenvolvidos nos municípios do planalto norte.