O Folk Metal.

Publicado por Cris Fagundes - 03/07/2012 - 16h02

Boa tarde galera, depois de termos terminado nossa analise afundo sobre o Black Metal, hoje falaremos sobre outro gênero do Metal, sem mais delongas, vamos aos trabalhos.

Dando continuidade aos posts sobre Metal, decidi n√£o seguir ordem cronol√≥gica entre o aparecimento dos sub-g√™neros, acho que assim fica mais agrad√°vel e melhor de ser escrito. Hoje falaremos sobre o¬†Folk Metal, estilo capaz de utilizar-se de v√°rias culturas diferentes para sua composi√ß√£o. O¬†Folk Metal¬†surgiu no √≠nicio dos anos 90, com o √°lbum ‚ÄúThe Wayward Sons of Mother Earth‚ÄĚ da banda¬†Skyclad¬†(o nome da banda j√° os direciona a antigas tradi√ß√Ķes: ¬†Skyclad √© o nome de um ritual pag√£o de nudez, em que os participantes estariam apenas ‚Äúvestidos‚ÄĚ ‚Äď clad, em ingl√™s ‚Äď pelo c√©u).

A capa do primeiro lançamento.

O¬†folk metal une v√°rias culturas, pois, como o pr√≥prio nome demonstra, as bandas que se at√©m a esse g√™nero utilizam temas e instrumentos tradicionais de v√°rios povos diferentes em suas m√ļsicas. E, ao menos para mim, esse √© o ponto alto do folk. Junto aos ingleses do Skyclad, podemos citar duas bandas nos anos 90 que ajudariam a propagar essas ideias musicais, que s√£o o¬†Cruachan¬†(Irlanda), e¬†Subway to Sally¬†(Alemanha), mas o efeito s√≥ apareceria na d√©cada seguinte, com algum destaque √† Finl√Ęndia. Neste singelo pa√≠s europeu foi que boa parte do folk metal rapidamente se desenvolveu, a partir de bandas como¬†Finntroll,¬†Korpiklaani,¬†Ensiferum¬†e¬†Turisas.

Excetuando-se o¬†Korpiklaani, essas outras utilizam de alguns aspectos tamb√©m do metal extremo, e ultimamente o¬†Finntroll¬†tem se voltado muito ao black metal, creio que esta pequena ‚Äď por√©m importante ‚Äď mudan√ßa no direcionamento de sua m√ļsica se deva √† entrada de um novo vocalista¬†“Vreth”¬†(Mathias Lillm√•ns),¬†mas tamb√©m vale ressaltar o uso da sonoridade da humppa, uma esp√©cie de polka finlandesa. Outro fato a se salientar sobre o Finntroll √© que mesmo sendo uma banda finlandesa, as letras da banda s√£o em Sueco, por causa do primeiro vocalista Katla¬†que mantinha suas ra√≠zes suecas (o sueco √© tamb√©m um idioma oficial finland√™s ao lado do pr√≥prio idioma finland√™s).¬†Enquanto isso, o¬†Korpiklaani¬†se afunda (no bom sentido, se √© que isso √© poss√≠vel) na bebida e nos mostra uma tem√°tica bastante et√≠lica. M√ļsicas como ‚ÄúVodka‚ÄĚ e ‚ÄúBeer Beer‚ÄĚ ilustram bem esse fato, e tamb√©m a √ļltima tour mundial da banda foi chamada de ‚ÄúVodka Revolution Tour‚ÄĚ. Preciso dizer mais algo? O som dos caras √© bem animado, e por diversas vezes tamb√©m utilizam o finland√™s para escrever suas m√ļsicas. Dentro do folk metal podemos separar as bandas pelas suas origens musicais, sendo bastante comum as que falam dos celtas, e h√° tamb√©m v√°rias com caracter√≠sticas eslavas.

‚ÄúCeltic folk metal‚ÄĚ ‚Äď essa varia√ß√£o do folk metal tem como marco inicial o √°lbum ‚ÄúTuatha na Gael‚Äú, lan√ßado em 1995 pelo¬†Cruachan. √Č uma exc√™ntrica mistura do black metal com a cultura irlandesa e celta no geral. Outra banda nesta mesma linha √© o¬†Primordial, que lan√ßou tamb√©m em 1995 seu primeiro √°lbum: Imrama”. O ano de 1998 v√™ o primeiro full length do¬†Wayfarer, denominadoReawakening Pride Once Lost”. Nos anos 2000 a cena se expandiu muito, inclusive no Brasil. Por aqui tivemos bandas como¬†Tuatha de Danann¬†e¬†Ashtar, ao passo que no velho continente, durante o inverno de 2002, foi fundada um dos grandes nomes atuais do folk metal celta:¬†Eluveitie.

Na pequena Su√≠√ßa, o¬†Eluveitie¬†apareceu com uma mudan√ßa vis√≠vel ao folk metal, a partir da mistura do j√° consagrado melodic death metal de Goteburgo (Su√©cia) e da cultura gaulesa. Tanto que v√°rias faixas tem suas letras escritas unicamente no idioma gaul√™s, o que de certa forma √© assustador, j√° que √© uma l√≠ngua que n√£o √© falada oficialmente por uma na√ß√£o h√° cerca de 1600 anos. Os documentos sobre esta l√≠ngua s√£o escassos, mas isso n√£o foi de maneira alguma um empecilho a eles. O¬†Eluveitie¬†usa tamb√©m instrumentos tradicionais, como o¬†hurdy-gurdy¬†, o Tin Whistle, a Mandola, entre outros. Vale ressaltar o terceiro √°lbum de est√ļdio dos su√≠√ßos: Evocation I ‚Äď The Arcane Dominion”¬†√© um trabalho majoritariamente ac√ļstico, com grande destaque √†s origens gaulesas da banda. Uma obra prima. Recomendo a quem gosta, ou passar a gostar e se interessar pelo estilo, ouvir todos os CD’s dessa banda, que s√£o seis ao todo.

No lado eslavo do folk metal, o pa√≠s de maior expoente √© a R√ļssia, com bandas como¬†Arkona, Beer Bear,¬†e¬†Alkonost.¬†Perto destes, h√° tamb√©m os b√°lticos ‚ÄstMetsat√∂ll, Skyforger¬†e¬†Raund-Ants.

√Č um pouco dif√≠cil falar especificamente das influ√™ncias eslavas no folk como falei das influ√™ncias celtas, mas devo dizer que s√£o bandas com grande express√£o no cen√°rio do metal mundial, devido √† qualidade, principalmente.

Voltando ao geral, existe um projeto muito interessante que merece destaque:¬†Folkearth, √© uma banda ‚Äúinternacional‚ÄĚ, que juntou m√ļsicos de v√°rios ramos diferentes dentro do folk metal, e tamb√©m de v√°rios pa√≠ses da Europa. O primeiro √°lbum, By the Sword of My Father”¬†lan√ßado em 2006 reuniu cerca de¬†31(!!!!!) m√ļsicos para sua composi√ß√£o, o que √© uma grande marca dentro das produ√ß√Ķes do metal como um todo.

  • Musicalmente e¬†tecnicamente¬†falando:
O folk metal consiste num estilo onde s√£o mesclados alguns outros estilos de heavy metal (tradicional, black metal, death metal, doom metal, power metal, etc.) com alguma esp√©cie de m√ļsica popular de raiz (celta, eslava, escandinava, v√©dica etc.).Existem tr√™s formas de se fazer esta mistura:

A presença de instrumentos musicais folclóricos (gaita-de-fole, violino, flauta, harpa, etc.), ou apenas o som destes feito por um teclado ou sintetizador.
Ritmos e melodias feitos com os instrumentos usuais do Metal, cuja sonoridade remete √† m√ļsica folcl√≥rica.
Linhas vocais t√≠picas da m√ļsica folcl√≥rica.

Basta qualquer um destes elementos para uma banda poder ser considerada folk metal. Toda esta variedade torna-o a vertente mais hetereog√™nea do metal. O Cruachan, banda irlandesa, mesclava black metal com m√ļsica celta da Irlanda por meio desses tr√™s elementos nos seus dois primeiros √°lbuns. Depois, Keith Fay seguiu para um estilo mais √ļnico, sem deixar de lado as ra√≠zes musicais celtas.
J√° o Finntroll, provindo da Finl√Ęndia, mistura polca com guitarras e leves influ√™ncias de black metal, utilizando-se de teclados para simular acorde√Ķes. Ambas possuem influ√™ncias diferentes do In Extremo, banda alem√£, que pratica heavy metal com a presen√ßa de instrumentos t√≠picos da m√ļsica medieval popular germ√Ęnica (gaitas-de-fole, harpa etc.).

Terminamos nosso post de hoje com vídeos de diferentes bandas dentro do gênero. Aproveitem:

Eluveitie – Thousandfold.

Eluveitie – Dessumiis Luge – (Do – Evocation I ‚Äď The Arcane Dominion” –¬†um trabalho majoritariamente ac√ļstico, com grande destaque √†s origens gaulesas da banda.

Korpiklaani – Wooden Pints.

Cruachan – Pagan.

Skyclad – The Parliament of Fools.

Arkona – Liki Bessmertnykh Bogov.

Tenham todos uma ótima tarde e até a próxima.

 

- Publicidade -

ENVIE UM COMENTÁRIO

IMPORTANTE: O Click Riomafra não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários publicados pelos seus usuários. Todos os comentários que estão de acordo com a política de privacidade do site são publicados após uma moderação.