CAPS de Itaiópolis realiza conscientização sobre o setembro amarelo

Por Assessoria - 29/09/2021

Setembro Amarelo! Muitas pessoas não sabem o que esse mês e essa cor fazem no meio de muitas postagens, placas e cartazes. Para muitos, setembro sempre foi só mais um mês.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Mas, para muitos é muito mais do que isso, muito mais que uma cor, que um mês, placas e postagens. Setembro amarelo representa algo que precisa ser falado: o suicídio!

O suicídio é algo que mata em média uma pessoa a cada 40 segundos em todo o mundo. É a segunda principal causa de mortes entre os jovens. A decisão de tirar a própria vida é algo multifatorial. Uma pessoa se sente compelida em encerrar sua vida por uma série de motivos, que na imensa maioria dos casos estão associados a transtornos mentais. E o principal deles é a depressão, que muitas vezes é confundida com uma simples tristeza passageira, o que não é.

Essa história de que tudo bem, de que tudo logo vai passar, muitas vezes não passa. O cérebro de uma pessoa com depressão é um cérebro alterado, diferente. Alteração tamanha que muitas vezes leva a pessoa a um ato de desespero extremo como o suicídio. Por mais que seja quase inevitável que não fiquemos procurando por uma ou outra razão que justifique uma atitude como essa, não existe um motivo específico. O suicídio é algo muito difícil de compreender. Principalmente pra quem vê do lado de fora. Por isso existe um incomodo tão grande em relação a esse assunto, muitas vezes por essa ignorância comum e essa falta de empatia que o suicídio é visto como um ato de fraqueza. Por outro lado existem pessoas que o vêem como um ato de coragem, já que se desprender da vida, que é algo tão valioso, não é algo simples. Mas a realidade é que o suicídio não é um ato de coragem e muito menos de fraqueza. O suicídio é um ato de DESESPERO.

Além da depressão, muitos outros fatores podem estar associados ao suicídio, como o alcoolismo, questões de isolamento social, desemprego, questões psicológicas como perdas emocionais, insucesso na escola, doenças mentais, dinâmica familiar, condições clinicas incapacitantes, entre outros.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

No município de Itaiópolis, uma das instituições que trabalha pela causa é o CAPS, que encontra-se localizado ao lado do Hospital Municipal. Toda pessoa que precisar desse atendimento, pode contar com nosso serviço. O CAPS através de sua equipe realiza o atendimento do paciente próximo da família e todo o cuidado terapêutico.

No dia 15 de setembro a equipe realizou um trabalho de conscientização através de distribuição de panfletos e demais materiais a população, realizando orientações sobre o assunto. Além de outras ações realizadas durante todo o mês em prol da campanha.

A cor da campanha foi dotada da história de um jovem americano de apenas 17 anos que tirou a própria vida usando seu carro amarelo. Seus amigos e familiares distribuíram no dia de seu funeral fitas amarelas e mensagens de apoio para pessoas que estivessem enfrentando o mesmo desespero, e a mensagem foi se espalhando mundo afora.

“Você é mais forte do que imagina. ACREDITE!”

Texto: CAPS de Itaiópolis

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -
- Publicidade -
COMPARTILHE

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário.
Por favor, informe o seu nome.