Atleta rionegrense participou de sua terceira Copa São Paulo de Futebol Júnior

Por Miguel Luiz - 15/01/2020

A principal competição de base do país, Copa São Paulo de Futebol Junior (sub-20), organizada pela Federação Paulista de Futebol (FPF), mais conhecida como Copinha, iniciou no dia 02 de janeiro, com a participação de 127 equipes, devido à desistência do Flamengo, divididas em 32 grupos.

O São Paulo é o atual campeão, vencendo o Vasco da Gama do Rio de Janeiro, na final de 2019. A final está programada para o dia 25 de janeiro, aniversário de São Paulo, tendo por local o estádio do Pacaembu.

RIONEGRENSE – Esta competição é a maior vitrine, para os jovens que sonham em se tornar um atleta profissional. Dentre estes jovens, está o rionegrense, Carlos Oliveira, natural de Rio Negro, nascido em 23 de janeiro de 2000, completará 20 anos.

O médio volante defendeu as cores do Paraná Clube de Curitiba em sua terceira participação (2017, 2019 e 2020).

INÍCIO DE TUDO – O rionegrense Carlos Oliveira deu os primeiros passos na escolinha dos Unidos da Bola de Rio Negro na praça de esportes da Madema, tendo a frente o técnico Jair Alves, onde tudo começou.

Depois se transferiu para a Fundação Municipal de Esportes de Rio Negro, hoje SMEL, participando do Projeto de Futebol na Atlética Souza Cruz nos anos de 2012 e 2013.

Sob o comando técnico do professor Eduardo Martin Pedro, defendeu o futsal da FME na categoria sub-13, participando de importantes campeonatos, como a Copa Gazeta de São Bento do Sul e Circuito Riomafrense de Futsal.

No ano de 2013, seguiu para realizar, seu sonho em se tornar um atleta profissional. Através de seu tio o lateral esquerdo Elivelton, estava na época no Paraná Clube e o indicou para a equipe paranaense.

Sendo avaliado pela comissão técnica da escolinha de base do Paraná Clube o médio volante Carlos Oliveira, passou sem problema pela peneirada, mostrando todo seu potencial técnico.

CAMPANHA PARANÁ CLUBE – Na primeira fase classificatória da Copinha o Paraná Clube, caiu no Grupo 06, com as equipes, AE Velo Clube, RB Brasil e Nacional da Amazonas, brigando pelas duas vagas a segunda fase.

Na estréia o Paraná Clube, venceu por 04 a 01 o Nacional/AM. No segundo jogo derrota por 02 a 00, para o Red Bull Brasil. No último jogo da fase classificatória, empate em 01 a 01, com o Velo Clube.

Com o empate o Paraná Clube se classificou com a segunda colocação do Grupo 06, onde o primeiro lugar ficou com o Red Bull Brasil.

VITÓRIA NAS PENALIDADES – O adversário da segunda fase na mata-mata foi à equipe do Vitória da Bahia, atual campeão sub 20 da Copa do Nordeste.

Este confronto foi realizado na manhã deste sábado (11/01), tendo por local o estádio Zezinho Magalhães, na cidade de Jaú. Numa partida morna o placar não saiu do 00 a 00.

O vencedor foi conhecido nas cobranças de pênaltis. O Paraná Clube saiu-se vencedor pelo placar de 05 a 04. O atleta rionegrense colaborou com a classificação a terceira fase, anotando a terceira cobrança nos pênaltis.

TERCEIRA FASE – Na segunda-feira (13/01) às 20 horas, no Estádio Benito Agnelo Castellano, em Rio Claro o Paraná Clube, enfrentou na terceira fase, a equipe do Red Bull Brasil, buscando sua vaga as oitavas de finais. Paraná Clube e Red Bull Brasil também já se enfrentaram na primeira fase do torneio, com a equipe campineira vencendo os paranistas por 02 a 00.

O Red Bull Brasil mostrou a força de seu plantel, eliminando o Paraná Clube na terceira fase, vencendo por 03 a 00 e segue na competição as oitavas de finais.

PLANTEL PROFISSIONAL – O jovem rionegrense se apresentará nesta quarta-feira (15/11) ao plantel profissional do Paraná Clube, visando os preparativos para o Campeonato Paranaense e outras competições (Copa do Brasil e Brasileiro da Série B).

- Publicidade -
COMPARTILHE

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário.
Por favor, informe o seu nome.