Escola Agrícola de Mafra vence 1º concurso “Boas Práticas de Alimentação Escolar do Município”

A EMEB São Sebastião ficou em segundo lugar e o CEIM Sara Rosa Rodrigues em terceiro

Por Assessoria - 02/12/2019

A Secretaria de Educação Mafra realizou o 1º concurso “Boas Práticas de Alimentação Escolar do Município”, no qual participaram 24 escolas da rede municipal, que desenvolveram, durante todo o ano, atividades relacionadas ao tema, como teatro com fantoches, músicas, produção de vídeos, jogos (memória, bolo, cruzadinhas), receitas saudáveis e naturais, produção de textos, máscaras e coreografias, trabalhos com frutas através da imagem da Carmem Miranda e receitas com plantas alimentares não convencionais – PANC’s, entre outras.

O julgamento aconteceu na última semana, tendo como vencedores a Escola Agrícola Municipal “Prefeito José Schultz Filho”, em primeiro lugar; a EMEB São Sebastião, em segundo; e o CEIM Sara Rosa Rodrigues, em terceiro.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Conforme explicações das nutricionistas do departamento de Alimentação Escolar, Giovana Zanini Kundlatsch e Leticia Pimentel da Silva, as pontuações foram feitas com base no que a escola conseguiu cumprir dos critérios apresentados no regulamento:

– Número de turmas que realizaram alguma atividade de Educação Alimentar Nutricional –EAN;

– Trabalho pedagógico sobre a temática de AEN realizado com os alunos;

– Horta e/ou pomar escolar;

– Trabalho de reciclagem;

– Trabalho de compostagem;

– Aula de culinária.

Para o desempate foram utilizados critérios como: impacto do projeto na comunidade, criatividade e inovação.

Interesse e engajamento

Segundo o gestor da Escola Agrícola, Jefferson Bauer, participar do concurso foi uma satisfação, principalmente porque eles puderam mostrar alguns dos assuntos e temas desenvolvidos diariamente na escola. “À medida que iam se envolvendo em cada etapa do projeto, notávamos maior interesse e engajamento dos alunos, eles estavam motivados, curiosos, com vontade de aprender para ajudar a realizar o projeto como um todo”, declarou.

Para as nutricionistas da Educação de Mafra, a primeira edição do concurso superou as expectativas, principalmente quanto à criatividade com que as escolas trabalharam os diversos critérios, envolvendo os alunos nos preparos, o que certamente repercutirá no dia a dia de cada criança. “Foram trabalhos muito interessantes, que proporcionaram aos alunos aprender a utilizar alimentos saudáveis, de forma divertida”, declararam, parabenizando a todos os participantes pelo empenho, dedicação e criatividade.

- Publicidade -
COMPARTILHE

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário.
Por favor, informe o seu nome.