Espaço Étnico Cultural e Gastronômico é lançado em Mafra

Por Assessoria - 10/09/2019

A 2ª Festa das Etnias celebrou o aniversário de Mafra e a contribuição das varias etnias que formaram a população mafrense. E para marcar essa miscigenação de povos, no dia 7 de setembro aconteceu o lançamento do Espaço Étnico Cultural e Gastronômico, na casa anexa à festa, na Praça Ferroviário Miguel Bielecki. O espaço teve por finalidade valorizar a cultura local e proporcionar a interação da comunidade com as origens através da música, do artesanato e da gastronomia.

Os municípios irmãos de Mafra e Rio Negro contam com grupos étnicos que mantém vivas as tradições através da: Associação Alemã Bucovina de Cultura, Associação dos Italianos de Rio negro e Mafra, Braspol – Comunidade Brasileiro – Polonesa do Brasil, Grupo Folclórico Alemão Trier, Grupo Folclórico Étnico Luxemburguês Echternach, Grupo Folclórico Ucraniano Vesná e Etnia Sírio Libanesa.

Na inauguração do espaço, o prefeito Wellington e a primeira-dama do Município receberam do presidente do Grupo Folclórico Ucraniano Vesná, Wilson Komochena,  uma mostra da culinária Ucraniana, o “Corovai”, com desejos de prosperidade e saúde.

QUEBRA DE PARADIGMAS

O Prefeito destacou o momento do lançamento do Espaço Étnico Cultural como ímpar e especial a cidade. “A 2ª Festa das Etnias esta sendo marcada pela quebra de paradigmas que dificultavam a nossa cultura de se mostrar para Santa Catarina e para o Brasil”, declarou. Ele destacou a mistura de povos, de nações que vieram com os imigrantes e formaram o povo mafrense. “Temos que resgatar a cada festa um pouco mais das tradições dos nossos ancestrais e este espaço quer justamente isso, recuperar a mistura dos ingredientes que formam a nossa alimentação, bem como o artesanato e a musica que formam a cultura dos povos imigrantes”.

O prefeito lembrou ainda que, além do resgate histórico, o município tem que comemorar as conquistas recentes. “Nós estamos nos desenvolvendo economicamente, gerando empregos, seguindo outros caminhos que antes eram cercados e que agora estão sendo abertos”. Ele agradeceu em nome do Executivo e do Legislativo Municipal o carinho e a resposta positiva dos grupos étnicos e parabenizou a Secretaria Municipal Educação, Esporte e Cultura,  os grupos étnicos, que responderam positivamente ao chamado  do município, bem como a todos os envolvidos para o sucesso das festividades de Mafra.

MISTURA DE RAÇAS

Representando as etnias participantes da festa, a coreógrafa do grupo alemão Trier, Daniela Nardes falou da importância do momento. “Somos um crisol de raças que foram indispensáveis para a formação da população mafrense e responsáveis pelo desenvolvimento econômico, social,  cultural  e intelectual do nosso povo” declarou. Sobre o Espaço Étnico Cultural destacou que ele representará um pouco das tradições, para que o povo conheça de onde vieram seus antecedentes. “E um imenso prazer estar aqui representando os demais grupos e associações, para que tenhamos um resgate dessa cultura e dessa culinária que tanto nos traz prazer. Esse espaço só há de crescer e melhorar”, concluiu.

- Publicidade -
COMPARTILHE

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário.
Por favor, informe o seu nome.