Mafra agora possui o 38º Batalhão da Polícia Militar

Por Assessoria - 21/06/2022

O município recebeu seis novas viaturas

A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) recebeu nesta segunda-feira, 20, um importante reforço nos serviços de enfrentamento à criminalidade. São 164 novas viaturas, 11.250 pistolas, 649 câmeras de leitura de placa veicular e 1.107 câmeras do Projeto Bem-te-vi. Os equipamentos que garantem mais segurança para os agentes e cidadãos fazem parte do Programa SC Mais Segura. A entrega beneficia 78 municípios de todas as regiões, com investimento de R$ 49 milhões.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

O ato na Academia de Polícia Militar da Trindade, em Florianópolis, contou com a presença do governador Carlos Moisés. A solenidade também foi marcada pela ativação de 10 novos batalhões. Essas novas unidades eram Companhias ou Guarnições Especiais, e a partir de agora terão nível organizacional de um Batalhão, por sua importância estratégica.

“É o fortalecimento da Segurança Pública, que apresenta números cada vez melhores. Nós temos as melhores polícias do Brasil. Com os investimentos, estamos garantindo que tenham equipamentos adequados, o que garante mais segurança e resposta rápida. Sou da segurança pública e sei da importância de um policial ter condições adequadas e dignas de trabalho. Sabemos que para viver no estado mais bonito e mais eficiente do Brasil é importante que ele continue sendo o mais seguro do país”, disse Carlos Moisés.

Os investimentos históricos que estão sendo feitos na Segurança Pública também foram destacados pelo governador. Citou o programa SC Mais Segura, o maior volume de recursos da história do Estado na área. Serão R$ 343 milhões até o fim deste ano. Carlos Moisés ainda ressaltou que os recursos são próprios dos catarinenses, sem financiamentos, resultado de uma gestão focada em redução de custos.

Segundo o comandante-geral da PM, coronel Marcelo Pontes, por meio do Programa SC Mais Segura, o Governo do Estado investiu R$ 23,2 milhões para a compra das novas viaturas Chevrolet Tracker LT Automática. Para novas armas, pistolas Beretta 9 mm, os valores chegam a R$ 21,4 milhões e para as câmeras de leitura de placa veicular (LPR) e renovação das câmeras do Projeto Bem-te-vi foram destinados R$ 4,4 milhões. A fonte é o Tesouro do Estado, descentralizado pela Secretaria de Estado da Fazenda, e o fundo de melhoria da segurança pública.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

“Os novos equipamentos e os batalhões vão garantir mais comodidade e facilitar o trabalho dos policiais. Isso melhora o pronto atendimento da corporação. Todos os investimentos mostram que o Governo do Estado tem sensibilidade e compromisso com a Segurança Pública, o que reflete diretamente na queda dos índices de violência”, disse o comandante.

Os novos batalhões da PMSC: 

  • 29º BPM em Içara;
  • 30 º BPM em Xanxerê;
  • 31º BPM em Itapema;
  • 32º BPM em Indaial;
  • 33º BPM em Curitibanos;
  • 34º BPM em Imbituba;
  •  35º BPM em Braço do Norte;
  •  36º BPM em Dionísio Cerqueira;
  • 37º BPM em Santo Amaro da Imperatriz;
  • 38º BPM em Mafra.

COMPARTILHE

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário.
Por favor, informe o seu nome.