Saúde de Mafra divulga panorama de casos de Sarampo

Desde o início de novembro, o município registrou 13 casos notificados, mas somente um foi confirmado

Por Gazeta de Riomafra - 15/11/2019

A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo vem sendo divulgada há mais de um mês pelo Ministério da Saúde e estende-se até o dia 30 de novembro em todo o país. Em Mafra, desde o dia primeiro de novembro, foram registrados 13 casos notificados, o que gerou grande trabalho por parte de toda a equipe da Secretaria Municipal de Saúde para conter os casos de sarampo mediante bloqueio vacinal.

A boa notícia é que, dos 13 casos registrados, apenas um foi confirmado, quatro tiveram resultado negativo, outros quatro foram descartados e, de acordo com a Vigilância Epidemiológica, quatro casos permanecem em observação para investigação e análise. Outro dado relevante é o da vacinação contra o sarampo, que desde o dia 1º de novembro, soma mais de 840 doses aplicadas.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

A LUTA CONTRA O SARAMPO AINDA NÃO TERMINOU

Por mais que os dados levantados sejam favoráveis, o sarampo ainda continua sendo uma doença extremamente contagiosa e que pode até levar à morte pessoas não vacinadas.

A Secretaria de Saúde dispõe, até quinta-feira, 14 de novembro, da Unidade de Saúde Central aberta para atendimento em horário estendido das 16h às 20h, exclusivo para averiguação de condição vacinal e vacinação.

VACINAR É UM ATO DE AMOR COM VOCÊ MESMO!

É importante que o cidadão tenha em mente que a vacinação protege não apenas quem recebe a vacina, mas a comunidade como um todo. Por isso, a Saúde de Mafra conclama a população a verificar sua condição vacinal, completando o quadro de vacinas recomendadas, caso este esteja incompleto.

A segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo ocorrerá no período de 18 a 30 de novembro, onde serão imunizados adultos jovens não vacinados na faixa etária de 20 a 29 anos de idade. O dia D encerra a campanha em 30 de novembro.

É válido ressaltar que, independentemente do público alvo nesta etapa ser limitado, todas as pessoas entre seis meses e 49 anos de idade, e que não possuem registro da vacina de sarampo, devem procurar as unidades de saúde para averiguar a sua condição vacinal.

- Publicidade -
COMPARTILHE

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário.
Por favor, informe o seu nome.