Saúde de Mafra intensifica ações de vacinação

O cidadão deve procurar a unidade de saúde mais próxima para verificar sua condição vacinal

Por Assessoria - 05/11/2019

As vacinas são uma das maiores conquistas da humanidade. Elas são o meio mais seguro e eficaz de prevenir doenças infectocontagiosas. Principalmente porque é muito mais fácil prevenir uma doença do que tratá-la. E as vacinas fazem exatamente isso: protegem o corpo contra os vírus e bactérias que provocam doenças graves. É importante manter em dia as vacinas para que doenças já erradicadas não retornem afetando a saúde da população. É importante ter em mente que a vacinação protege não apenas quem recebe a vacina, mas a comunidade como um todo.

Por isso, a Saúde de Mafra está intensificando as ações de vacinação e conclamando a população a verificar sua condição vacinal, completando o quadro de vacinas recomendadas, caso este esteja incompleto.

FOCO NO SARAMPO

A campanha de vacinação contra o sarampo, que vem sendo realizada nacionalmente desde o dia 7 de outubro, ganhou prioridade. O município de Mafra teve confirmado na última quinta-feira, 31 de outubro, o primeiro caso de sarampo. O paciente contraiu a doença em outra cidade mas, ao retornar para Mafra, trouxe a possibilidade do contágio para o município. Por isso, a Vigilância Epidemiológica está se comunicando com as pessoas que tiveram contato com este paciente para verificar as suas condições vacinais. Há ainda um segundo caso suspeito, ainda sob investigação.

Além dos cidadãos que tiveram algum contato com o paciente infectado, todas as pessoas entre 6 meses e 49 anos de idade, e que não tem registro da vacina de sarampo, devem procurar as unidades de saúde para tomar a dose recomendada.

Para atender a população, principalmente quem não pode comparecer aos postos de saúde no horário normal de atendimento (de segunda a sexta-feira, das 7 às 16 horas), a Secretaria Municipal de Saúde vai estender o horário de atendimento da ESF Central das 16 às 20 horas, exclusivamente para vacinas. O horário estendido será válido de segunda a sexta-feira, do dia 04 de novembro até 14 de novembro.

A secretaria de Saúde, Jaqueline Previatti Veiga, salienta que a vacinação é fundamental, mas não é necessário uma corrida às salas de vacina do município. “Estamos bem abastecidos com a vacina de sarampo e prontos para atender à população. É importante que todos tenham consciência de que a vacina é a única forma de prevenção. Por isso, mesmo quem acha que já foi vacinado deve procurar as unidades para verificar sua condição.”

SINTOMAS

O sintoma mais visível do sarampo é o surgimento de manchas vermelhas, primeiramente no rosto e atrás das orelhas e que, em seguida, se espalham pelo corpo. Febre acompanhada de tose, irritação nos olhos, nariz escorrendo ou entupido e mal-estar intenso são outros sintomas recorrentes. A persistência da febre é um sinal de alerta e pode indicar gravidade, principalmente em crianças menores de cinco anos de idade.

- Publicidade -
COMPARTILHE

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário.
Por favor, informe o seu nome.