Em janeiro deste ano o governador Raimundo Colombo e o até então presidente da Agência de Fomento de Santa Catarina (Badesc), Wellington Bielecki (atualmente prefeito de Mafra) assinaram contratos do Badesc Cidades Juro Zero que somam R$ 16.885.000,00 para dez cidades catarinenses. A linha de financiamento para municípios oferece crédito sem juros para obras de infraestrutura e aquisição de máquinas e equipamentos. Municípios vizinhos como Papanduva e Mafra foram contemplados com o recurso. Mafra na ordem de R$ 10 milhões, onde o governador veio a Mafra no último dia 08/09 e formalizou o repasse.

O ex-presidente do Badesc declarou na época, que o programa foi lançado para beneficiar as Prefeituras do estado e por não tem juros, auxilia os prefeitos a realizar obras de infraestrutura urbana, como pavimentação de vias, construção de pontes, sistema viário, entre outras. Em 2014, foram R$ 204 milhões em financiamentos em uma linha de crédito que atendeu 110 municípios catarinenses. O recurso pode ser pago em até quatro anos, com um ano de carência. Desde o início Itaiópolis não fazia parte dos municípios contemplados e até o momento nenhum projeto chegou até ao Badesc, segundo informações da assessoria de comunicação, questionado por nossa reportagem na data de ontem (18/09).

Itaiópolis ainda não fez solicitação de limite de crédito

Evelise Sandri, gerente de Operações Municipais do Badesc, explicou através da assessoria de comunicação da instituição a nossa reportagem que o município de Itaiópolis ainda não realizou a solicitação do limite de crédito junto à entidade. Segundo Evelise, para que qualquer cidade consiga realizar um financiamento junto ao Badesc é preciso fazer a solicitação como primeiro passo do processo, após o pedido feito, a análise e a possível viabilidade técnica da operação do Bradesc Cidades é realizada.

Há informações de que o governador fará um corte de 30% dos futuros créditos solicitados.

Cobrança no legislativo

Na sessão da câmara de Itaiópolis do dia 14, o vereador Alcides Nieckarz (PSD) utilizou-se da tribuna para expor em forma de lamentação o município ainda não estar participando do Badesc Cidades, dizendo que é lamentável que o município não faça parte do programa, enquanto outras cidades da região estão recebendo os recursos para fazer os devidos investimentos em seus municípios, “É lamentável onde temos muitas ruas aqui em nossa cidade sem calçamento e precisam receber melhoria”, desabafa. O vereador também pediu respostas ao executivo do motivo pelo qual o município ainda não estar participando do Badesc Cidades, pedindo apoio da câmara para ajudar a incentivar o prefeito para que não perca essa oportunidade. “Depois que acabar o programa não adianta lamentar”, finaliza.

As 10 Prefeituras beneficiadas e os valores recebidos:

Prefeitura Objeto Valor da operação
Bombinhas Infraestrutura e aquisição de máquinas R$ 3 milhões
Biguaçu Pavimentação e aquisição de máquinas e equipamentos R$ 5 milhões
Bocaina do Sul Aquisição de máquinas e equipamentos R$ 285 mil
Camboriú Sistema viário R$ 1,9 milhão
Entre Rios Construção do centro administrativo R$ 800 mil
Gravatal Aquisição de máquinas e equipamentos R$ 1 milhão
Iraceminha Aquisição de máquinas e equipamentos R$ 900 mil
Palmitos Pavimentação de ruas R$ 1 milhão
Papanduva Aquisição de máquinas R$ 1,5 milhão
Santo Amaro da Imperatriz Infraestrutura e aquisição de máquinas e equipamentos R$ 1,5 milhão