Quarta-feira 29 de abril de 2020

Publicado por Trombelhudo - 29/04/2020 - 15h54

Olá gente boa de Riomafra! Em tempos de pandemia de tudo quando é lado, cá estamos nós, torcendo e orando para que dias melhores surjam e que todos consigamos superar tudo isto!

Até acredito que a pandemia do coronavírus irá passar e mesmo com muitas baixas (mortes) e sofrimento, os brasileiros irão superar!

Agora as demais pandemias, causadas pela incompetência e sacanagens dos nossos governantes, estas se forem superadas durarão décadas e mais décadas…

A pandemia indiretamente causadas por eles como a causada na economia, originada pelas empresas que quebraram e irão quebrar ocasionando o desemprego, deixará milhares de vítimas que poderão matar de fome dezenas de vezes mais do que o covid-19. Teremos então, a “pandemia da miséria”!

Segundo estudo do Banco Mundial, crise econômica pode fazer a população em situação de pobreza no país chegar a 14,7 milhões de pessoas em 2020, um aumento de quase 30%. Em São Paulo, auxílio de R$ 600 prometido pelo governo federal dá apenas para comprar uma cesta básica, que custa R$ 517,51.

Só em Santa Catarina já são cerca de 600 mil desempregados, devido a esta quarentena mal planejada e fora do período adequado, pelo governo do estado, que mutilou grande parte das micro e pequenas empresas…

Só na nossa região do planalto norte, somados os segmentos da indústria, comércio, serviços e agronegócios, tiveram uma diminuição de 91,37% no seu faturamento neste período de quarentena. Já imaginaram o tamanho baque na economia e reflexo disto na via das pessoas?

Já não bastasse a pandemia causada pelo coronavirus, a causada na economia e agora temos a que poderá ser causada pela crise política ocorrida neste final de semana, durante a demissão do ex ministro Sérgio Moro, que poderá agravar ainda mais o problema no enfrentamento da covid-19 pelos brasileiros…

Só no Brasil mesmo, irresponsabilidades como estas acontecem, onde em meio a uma pandemia mundial, nossos políticos resolvem criar mais um problema para ferrar com os brasileiros…

Isto demonstra aquilo que eu vivo escrevendo aqui sobre o sistema, o mais importante para nossas autoridades é o poder, pode estar havendo a terceira guerra mundial e o mundo inteiro estar sendo exterminado, mas para os personagens do sistema político brasileiro o que mais importa é o poder e seus interesses particulares…

O pior é que o povão irá continuar defendendo eles, seja o “Bolsa” e seus filhos 01, 02, 03 e 04 e sua turma, ou exército vermelho do Lula e sua trupe.

Agora vai começar uma nova guerra, a do impeachment do “Bolsa” em plena pandemia do corona vírus. Aliás, um “novo vírus” o da crise política está surgindo no Brasil, talvez muito mais letal e devastador do que o próprio coronavírus.

E o tal do Sérgio Moro hein? Quem diria aquele rapaz com cara de “bom moço” fiel escudeiro do Bolsonaro que já táva pintando como novo ministro do STF no final desde ano!

Mas por outro lado também, quem que aguenta um presidente ditador igual ao nosso? Segundo deixou transparecer queria manda e interferir diretamente na PF, talvez com a real intenção de blindar seus filhos das investigações contra eles? e livrar seus deputados apoiadores que são alvos da PF também?

É minha gente, pelo jeito só o Congresso salva o presidente do impeachment agora? Ou será que a justiça não vai afastá-lo devido as denúncias que o seu “amigão” Moro fez contra ele?

Se bem que o Maia, o chefão da Câmara dos Deputados já disse que impeachment com pandemia “não rola”! Então dificilmente o Congresso fará algo, pelo menos por enquanto!

Só que pelo jeito o povão não está muito satisfeito com o governo dele e vai ter pressão popular! De acordo com uma pesquisa do Instituto Atlas, 54,1% dos entrevistados são favoráveis ao processo de impeachment do Bolsonaro, já 36,6% são contra e 9,3% não responderam.

Com relação ao desempenho dele, 64,4% dos entrevistados desaprovam o mesmo, sendo que os outros 30,5% aprovam e 5,1% não responderam.

Já com relação a avaliação do seu governo, 20,8% acham que ele é bom e ótimo, 28,3% regular, 49,2% ruim ou péssimo e 1,7% não souberam responder.

Também foi questionado na pesquisa sobre o embate do presidente com o ex-ministro Sérgio Moro em todos confrontos o Moro levou a melhor…

Um detalhe que me chamou mais a atenção é que a maioria dos entrevistados já acham que o Bolsonaro não termina o seu mandato. Ou seja, para 58% ele sofrerá o impeachment, contra 28,4% que não acreditam que será casado. E os outros 13,6% dos entrevistados não responderam!

Bem gente! Para encerrar, quero mandar um amplexo para os trabalhadores riomafrenses que justamente comemoram o seu dia nesta sexta-feira, aliás não são muitos os que poderão comemorar esta data, pois a maioria deles estão desempregados e infelizmente não terão bons motivos para comemorar esta está tão importante data. Lamentável minha gente o que estes governantes fizeram na infeliz gestão desta pandemia, que volto a repetir, deixaram muitos catarinenses, paranaenses, mafrenses e rionegrenses “contaminados pela miséria”.

Abraço à todos, “firmes na luta”, cuidem-se bem e até uma próxima!

- Publicidade -

ENVIE UM COMENTÁRIO

IMPORTANTE: O Click Riomafra não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários publicados pelos seus usuários. Todos os comentários que estão de acordo com a política de privacidade do site são publicados após uma moderação.