Quarta-feira 05 de fevereiro de 2020

Publicado por Trombelhudo - 05/02/2020 - 19h18

Olá gentarada boa de Riomafra e região, como estão todos? Espero que todos estejam bem!

Cá estamos nós para o nosso recado de quarta-feira aqui no “mais lido”!

Então vamos lá…

Ano legislativo começando, será que este ano nossos vereadores irão realmente trabalhar pelo povo riomafrense, ou por ser um ano político vão usar o plenário como palanque político e lavar as roupas sujas e fazer politicagem?

E os vereadores rionegrenses, será que pelo menos neste ano político irão de fato fiscalizar o executivo? Por que nestes últimos quatro anos, presenciamos como sempre o legislativo apenas servindo o executivo em todos os seus pleitos?

Parece que a política em Rio Negro jamais vai mudar, o executivo usando o legislativo ao seu bel prazer e interesses… Isto é histórico, tanto é que nunca houve sequer uma abertura de CPI na Câmara de Rio Negro… Já escrevi isto aqui várias vezes… A Câmara de Rio Negro ainda vai figurar no Guines Book, como uma das únicas Câmaras municipais que nunca criaram sequer uma CPI em toda a sua história… Vergonhoso!

Aliás motivos não faltam, só no ano passado e em 2018, vários episódios poderiam ou deveriam ser alvos de uma investigação pela Câmara, como por exemplo a ambulância flagrada cheio de anabólicos ilegais sendo transportadas do Paraguai. Também o acidente do carro da saúde que captou no interior quando estava sendo dirigida por um profissional da área e não pelo motorista… Até as cobranças de asfalto deveriam pelo menos ser convocado o prefeito pelos vereadores para explicar o que houve…

Aliás, quando haverá oposição em Rio Negro? Estamos em ano eleitoral e pelo jeito o mesmo grupo político que está há mais de 20 anos no poder deverá continuar…

E caso da UPA de Rio Negro que segundo muitos dizem, foi massa de manobra para acabar se transformando em complexo de saúde como vai ficar? Será que nossos vereadores terão coragem para abordar este tema a fundo, ou vão mais uma vez deixar o executivo fazer valer a sua vontade?

Até onde seria benéfico para a sociedade rionegrense abrir mão de uma UPA, custeada com recursos federais para simplesmente ser transformada num centro de especialidades que até agora ninguém sabe como e quando vai funcionar?

Outra coisa, será que foi explicado ou colocado no papel, se realmente haverá economia para o município? A grana que a Prefeitura passa para o hospital por mês será que com muito menos não daria para ajudar na manutenção da UPA? Mafra por exemplo, onde a população é bem maior o valor repassado para manter a UPA é bem menos do que a grana gasta para manter o PA (Pronto Atendimento) no hospital de Rio Negro! Então, será mesmo que não seria vantagem para o município e para região manter o projeto da UPA? Até por que outros municípios vizinhos se propuseram a ajudar a manter a mesma… Então senhores, qual o verdadeiro interesse em de repente transformá-la apenas num complexo de saúde? Quem no fundo estará se beneficiando com isto?

É lamentável esperarmos 10 anos e ainda não concluírem uma UPA, para no final virar num complexo de saúde para atender interesses de alguns? Vamos lá vereadores, coragem, pelo menos vamos investigar melhor isto tudo… O que acham?

Questiona-se a situação da capela mortuária de Mafra. Se cobra reformas e melhorias nela junto ao executivo, que realmente são necessárias. Só que cadê a contrapartida das funerárias que utilizam os locais diariamente para faturar? Elas dependem do local como fonte de renda e quais foram as contrapartidas até agora?

O mesmo se aplica aos cemitérios de Riomafra… que deixam a desejar ambos já estão defasados, desatualizados e saturados. Cemitérios de cidades vizinhas já estão sendo modernizados, com galerias, outros até com crematórios e tudo mais, já os nossos estão cada vez mais problemáticos, logo não haverá mais espaços para novos sepultamentos. Acho até que ambos os municípios já deveriam estar projetando um novo campo santo!

Acho até que este assunto de capela mortuária e cemitério deveriam ser alvo de audiência pública tanto em Mafra quanto em Rio Negro.

Rio Negro acontece de tudo mesmo né? Depois de muitas promessas para a vinda de novos PMs e policiais aqui para Rio Negro, até hoje não cumpridas pela turma do atual “castelinho encantado”, agora parece que o secretário de Segurança, que esteve por aqui na última sexta-feira 31, prometeu que vai enviar seis novos PMs para Rio Negro… Finalmente…

Será que é verdade mesmo ou é só mais uma promessa em época de ano eleitoral? Até por que, não disse quando isto vai acontecer, mas vamos acreditar que desta vez isto vai mesmo acontecer, até porque esteve aqui em reunião na ACI e prometeu…

Também não adianta mandar seis PMs para cá e daí dividi-los com os municípios de Campo do Tenente, Quitandinha, Piên… Se for assim, aí é conversa fiada!

Agora se de fato os seis policiais vieram realmente só para atender Rio Negro, aí vai ficar feio para a turma do prefeito “Mirto” e todos os seus correligionários que já estão há quase oito anos prometendo e “nada”! Ainda mais que é o seu adversário político, o Swaroskinho que trouxe o “home” para cá e fez ele bater o martelo na vinda dos novos PMs para Rio Negro!

Já imaginaram! Que mico e a repercussão política disto?

Por falar em segurança, não basta simplesmente vir 6 PM’s para cá, mesmo assim, não vai refletir muito na questão de segurança, o que precisamos além disto, é outras ações mais eficazes, como mais equipamentos, armamentos, novas tecnologias igual à que a PM de Santa Catarina já estão utilizando. E o que é ainda mais importante, a criação de uma guarda municipal, se isto ocorresse, aí sim teríamos uma grande melhoria na segurança em Rio Negro…

Aliás, há cerca de dois anos dei uma ideia de transformar aquele quiosque abandonado no calçadão em uma guarita da PM colocando um policial ali permanentemente… Só que até hoje nenhuma autoridade sequer pensou nisto! Nossas autoridades políticas de Rio Negro se acham, mas além de não aceitar ideias do povão, sequer fazem algo de novo para mudar ou melhorar a situação! Lamentável!

Leitores pediram para cobrarmos como anda a situação do projeto de prevenção de alagamento do bairro Buenos Ayres em Mafra? Segundo informações a mesma segue parado devido à ausência de dotação orçamentária. Pode? Cadê os deputados que se dizem amigos de Mafra? Cadê os nossos políticos e lideranças locais que não pedem que o projeto ande por lá? Com a palavra o Ministério do Desenvolvimento Regional, lá de Brasília.

Por hoje ficamos por aqui… Um grande abraço a todos e cuidem-se bem… Até a próxima se Deus quiser!

- Publicidade -

ENVIE UM COMENTÁRIO

IMPORTANTE: O Click Riomafra não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários publicados pelos seus usuários. Todos os comentários que estão de acordo com a política de privacidade do site são publicados após uma moderação.