Quarta-feira 11 de novembro de 2015

Publicado por Trombelhudo - 11/11/2015 - 11h46

Salve! Salve! meus leitores! Comemorando os 145 anos da minha querida Rio Negro, cá estamos nós aqui de novo, para alegria de muitos e desespero de outros!

Pois é, pessoal,145 anos! Não é mais uma mocinha, né?Já tinha que estar mais crescidinha, desenvolvida, não acham? O que acontece com nossas cidades que parece que não desenvolvem? Seria culpa dos nossos políticos que só pensam neles mesmos? Ou do povo que não se politiza e cobra atitudes de nossos representantes?

Cidades da região bem mais novas já estão bem mais desenvolvidas que Rio Negro, que parece que a cada dia os empresários estão fugindo ao em vez de virem pra cá.

Aliás, cadê aquela empresa de luvas que já foi inaugurada três vezes e ainda não vi sinal da mesma entrar em operação de fato? Só faltam querer inaugurar ela novamente em comemoração ao aniversário do município neste ano de novo.

Cadê a Electrolux e as outras tantas que viriam para cá, tão prometidas nas comemorações do ano passado? Empresas locais estão indo embora por falta de incentivos e levando consigo os jovens e ninguém parece enxergar isto. Até quando?

Desenvolvimento que é bom? Nada! Parece que o que se vê a cada ano são promessas e mais promessas, discursos vencidos e requentados que o povão mais bem informado não aguenta mais ouvir.

Parece que o povão rionegrense está satisfeito com asfalto que vem do estado, canteiros e meio-fios pintados. Todo ano é a mesma coisa, ainda a administração tem a coragem de dizer que o aniversário do município terá muitas atrações! É pelo jeito terá sim: “Pão e Circo”, é disso que o povo gosta, enquanto isto a saúde, educação e segurança, por exemplo, são uma tristeza de se ver e dê-lhe “festa”, é disso que o povo gosta, é isto que o povo tem! E para o futuro, o que teremos?

Acordem, povo rionegrense! Vivemos num círculo vicioso em nossa política há décadas, onde não deixam novas lideranças serem criadas, os jovens estão cada vez mais afastados e desinteressados pela política. O que vai ser de nós dentro de alguns anos?

Observem nosso legislativo, totalmente dominado e apático, parece um poder sem personalidade alguma, onde simplesmente reza o “terço” do executivo. Lamentável chegar aos 145 anos com esta cultura política!

Olhem, alguns personagens políticos, que já estão há tempo no poder. Tem gente por aí há cerca de 20 anos no cenário político rionegrense, que se não é vereador é vice e assim por diante, porém sempre “grupado” no poder! E o povo acha isto normal, senão ele não estaria nesta condição.

Será que a mentalidade e cultura política do rionegrense nunca irá mudar? Estamos ficando cada vez mais para trás de outros municípios, inclusive o de Mafra que é bem mais novo e com todas as dificuldades “aos trancos e barrancos” se desenvolve mais que Rio Negro. Aliás, os rionegrenses estão cada vez mais dependentes de Mafra a cada dia que passa, seja na educação, saúde e agora até na segurança. Acorda meu povo! São 145 anos!!! Não podemos mais ficar estagnados e dependentes com esta idade por comodidade de nossos políticos que criaram um círculo vicioso no poder!

Lamentavelmente me faz lembrar aquela música do Zé Ramalho, que no seu refrão diz assim: “Eh, ôô, vida de gado… Povo marcado, ê… Povo feliz!” Aliás, o rionegrense deveria prestar a atenção na letra desta música inteira, não só neste refrão!

Escrevo isto sem ter nada contra ninguém, apenas acho que Rio Negro pelo povo maravilhoso, ordeiro e trabalhador, merecia ter políticos que pensassem mais e nós, em nosso desenvolvimento, mais comprometidos com a sociedade e desenvolvimento do município. Afinal, são 145 anos que a senhora Rio Negro está comemorando, deveríamos estar muito mais desenvolvidos.

Vamos em frente…

Na sessão da Câmara de Mafra do dia 26 de outubro, uma segunda-feira, alguns vereadores novamente falaram daquele famoso “carro problema” que a Câmara dou para Prefeitura em maio do ano passado, se vangloriando que o mesmo nunca tinha dado problema, até desafiando a Gazeta, que publicou reportagem na época, alertando que o mesmo possuía problemas e não era recomendando viajar com ele.

O vereador Werka chegou até comentar dizendo: “ué, o jornal não dizia que o carro era um presente de grego e que tinha problemas…”.

Pois é, vereador, só que como diz aquele ditado “a língua é chicote da….”, não é que justamente o prefeito foi viajar com o “bendito” carro para Florianópolis no último segunda-feira, dia 4, e ficou na estrada lá no município de Rio Negrinho, tendo que pedir para mandar um outro veículo da Prefeitura ao seu encontro para seguir viagem. O dito veículo doado pela Câmara que nunca deu problema, segundo Werka, ficou “estalerado” numa residência lá em Rio Negrinho e o Gaiteiro quase perdeu o horário de um importante compromisso lá em Floripa.

Se acontecer isto na próxima vez, sugerimos que o nobre vereador vá rebocar o carro e “baldear” os viajantes e na volta, degustam um delicioso “arroz a grega” na estrada.

Por falar em estrada, questiono se esse movimento dos caminhoneiros dará resultados da forma como está sendo feito. Acho que a reivindicação é justa e tudo mais, só bloquear as estradas pode não ser uma atitude simpática junto a sociedade e de uma certa maneira, fere o direito de ir e vir dos outros, além de estragar as mercadorias perecíveis, causando até mais prejuízo a sociedade, pois quantas toneladas de comida, por exemplo, poder estragar?

Acho que eles deveriam sim, pegar seus caminhões vazios (sem cargas) e “sitiar” Brasília, deixando a Dilma, deputados e senadores sem comida, remédio e tudo mais por lá. Aí sim eles iriam levar a sério a manifestação da classe e ver o quão importante os caminhoneiros são para o país. Acho também que as reivindicações deveriam ser mais amplas como a diminuição da carga tributária, por exemplo.

Gente boa! Chegamos a fim dos nossos trabalhos, espero mais uma vez poder ter colaborado aqui com os meus “pitacos”.

O abraço da semana vai para todo o povo rionegrense pelos 145 anos da nossa querida Rio Negro que sempre será “singela e formosa da ternura de um botão de rosa”. Um abraço a todos e cuidem-se bem!

- Publicidade -

ENVIE UM COMENTÁRIO

IMPORTANTE: O Click Riomafra não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários publicados pelos seus usuários. Todos os comentários que estão de acordo com a política de privacidade do site são publicados após uma moderação.