Quarta-feira 18 de novembro de 2015

Publicado por Trombelhudo - 18/11/2015 - 16h50

Olá, meu povo querido de Riomafra! Como estão todos, curtiram bastante as festanças em Rio Negro? Espero que sim!

Ainda bem que acima dos problemas, o povo brasileiro ainda pode fazer eventos de “pão e circo” entre outras festividades em paz. Tirando o terrorismo que o governo faz com o povo, damos graças a Deus que aquilo que aconteceu lá na França não acontece por aqui… pelo menos por enquanto, né?

Agora cá entre nós, quanta hipocrisia se vê no tal do Facebook, muita gente colocando a bandeira da França em solidariedade aos atentados por lá.

Agora, cadê as bandeiras do Brasil nas redes sociais, devido às tragédias e situações que estamos vivendo? Muito pouco se viu de solidariedade nas redes sociais relacionado a tragédia da lama lá no município de Mariana-MG, por exemplo. Quantos brasileiros humildes perderam suas casas e entes queridos por lá?

Quanta hipocrisia, o povo brasileiro gosta de se solidarizar com os povos ricos da Europa por que é “chique”, porém esquecem dos irmãos brasileiros que sofrem nos quatro cantos do pais todos os dias.

Ah, mais se trata de ato terrorista? Sim, concordo, mas este problema graças a Deus ainda não é do Brasil. Quem não é visto não é lembrado, vamos deixar eles resolverem as guerras e conflitos deles, afinal a França também vive bombardeando o Estado Islâmico e até com certa razão, porém é óbvio que viria uma retaliação, pois cada ação tem uma reação.

Nós brasileiros também vivemos nosso terror, basta ver a onda de violência e impunidade que está no Brasil, somado com a corrupção e a carga sobre a sociedade brasileira, podemos até dizer que também vivemos “aterrorizados” a todo o momento.

Se o brasileiro se unisse e utilizasse mais as redes sociais para protestar e fazer campanhas em favor da nossa sociedade, acredito que seria uma importante arma contra o terrorismo governamental que somos vítimas todos os dias e há séculos.

Vamos em frente…

E a administração rionegrense, sem inaugurações, obras, melhorias… mas com muito “pão e circo” comemorou os 145 anos de Rio Negro com grande “pompa”. Enquanto o povão ficava empilhado na praça e nas ruas para assistir as apresentações e shows, os “bacanões” ficavam sentados nas cadeiras em primeiro plano, cochichando e com os sorrisos nas orelhas, onde o grande público feliz da vida “empilhados em pé” batiam palmas e se divertiam, sem imaginar que foram eles mesmos que estavam pagando o “pato”, digo a festa.

Na noite, enquanto os “bacanões” jantavam no antigo shopping, saboreando um delicioso jantar regado à cerveja, e outras bebidas de primeira, o povão continuava a se divertir lá embaixo com o “pão e circo”. É disso que povo gosta, é isto que o povo tem.

Enquanto isto, alguns comerciantes da Praça João Pessoa, que não vivem de pão e circo, mas sim do suor do seu trabalho, pagando impostos, inclusive municipal, se viam sufocados já na manhã de sexta-feira, sem poder receber os seus clientes, pois algumas ruas já haviam sido trancadas, muitos deles até pelas barracas, onde até concorrentes ambulantes do mesmo ramo “fizeram a festa”.

E assim, com muito “pão e circo”, novamente Rio Negro comemorou mais um aniversário, sem obras, inaugurações, sem maternidade, segurança, menos médicos, menos dentistas, mais com muito barulho e festa, porém com a insatisfação daqueles que pagam seus impostos, acreditam no município e parecem que tem o seu direito de trabalhar dificultado e nem mesmo são consultados sobre isto. Parabéns ao executivo rionegrense!

O mais interessante de tudo é o prefeito Paizani, ter dito a um dos comerciantes, quando procurado, “que nada podia fazer” e que o mesmo conversasse com o seu secretário. Tá, mas quem é o prefeito? Já imaginaram? Não posso acreditar que ele tenha mesmo falado isto. Lamentável!

Aí nos perguntamos por que muitas lojas e empresas estão debandando de Rio Negro e vindo para Mafra? Muitos destes lojistas envolvidos nesta celeuma podem agora estar pensando o mesmo. E daí?

Mas não se preocupem, esta semana o Papai Noel vai chegar em Rio Negro desfilando pelas ruas, a festa continua e o povão vai acreditar que o município está a mil maravilhas, mesmo estando de “saco cheio” em todo ano ver a mesma coisa. Até o Papai Noel é o mesmo de todos os anos e faz sempre as mesmas coisas! Hô, hô, hô, hô, hô! Vida de gado e ô… povo marcado e ô… povo feliz…!

Por falar em papai noel, Natal e tudo mais, será que tanto Rio Negro quanto Mafra, não poderiam realizar a ornamentação natalina nos finais de semana ou de madrugada? O trânsito em Riomafra já é caótico e bem nos horários de pico tiram para fazer isto, tumultuando ainda mais?

Falando em trânsito, cadê as reuniões e soluções para o mesmo que iriam ser realizadas por ambos os municípios? Em novembro do ano passado foi entregue aquela carta de intenção para resolver dar continuidade em resolver o problema e para construção da terceira ponte, só que pelo jeito ficou no esquecimento, como é de costume dos nossos governantes e políticos locais.

Pessoal! Por hoje ficamos por aqui. Um grande amplexo a todos em cuidem-se bem! Até a próxima.

- Publicidade -

ENVIE UM COMENTÁRIO

IMPORTANTE: O Click Riomafra não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários publicados pelos seus usuários. Todos os comentários que estão de acordo com a política de privacidade do site são publicados após uma moderação.