Quarta-feira 20 de novembro de 2019

Publicado por Trombelhudo - 20/11/2019 - 21h43

Salve! Salve! Gente de Riomafra e região… Estamos aqui novamente para as nossas “alfinetadas” de todas as quartas-feiras em favor do meu povão!

Daí muita festança pelos 149 anos da nossa querida Rio Negro?

Pelo jeito a festança que durou três dias foi boa, até por que emendou com o final de semana e deu uns dias ensolarados e muito bom para curtir uma festança né?

E o povão de Riomafra quase nem gosta de uma festa né?

Aí muitos até esquecem que saúde, educação e segurança e por aí afora… Não vão nada bem em Rio Negro né?

Festança é bom, mas quando o município está nos trilhos… Agora gostaria de saber quanto custou de fato estes três dias de festa para os cofres do poder público rionegrense?

Pelo que se comenta por aí não foi nada barato? Será? Vamos averiguar e ver o que tudo é boatos e fatos!

E os nossos vereadores que também estavam juntos na balada da festança, será que vão ter coragem de pedir uma prestação de contas ao executivo para certificarem-se de quanto e o que tudo foi pago com o dinheiro público? Ou vão “cair no embalo” e no esquecimento?

“Pão e circo” para o povo, é um eficiente artifício político espertamente utilizado há várias décadas pelos nossos políticos locais e que pelo jeito funciona cada ano melhor… Só que pelo jeito quem deveria fiscalizar, também faz o mesmo uso!

Por falar em fiscalizar será que eles vão pedir informações sobre aquele ônibus escolar que transportava um monte de crianças e que pegou fogo no interior de Rio Negro semanas atrás? Será que eles vão fiscalizar não só a empresa, mas também o executivo neste caso…

Soubemos o “boca pequena” que o MP estaria pedindo informações sobre o caso… Seria verdade? Se a informação for procedente, parabéns, algum órgão tem que fiscalizar e apurar os fatos, já que nossos vereadores até agora não se coçaram?

Em Mafra está sendo proposto um tema interessante com relação a fiscalização não só da integridade física e moral dos alunos, bem como, para ajudar elucidar casos como este: a implantação de câmeras no transporte escolar do município e monitores a bordo. Porquê Rio Negro não aproveita a ideia e estuda implantar tal projeto também?

Falando em fiscalizar e elucidar… Como anda o tal caso da ambulância de Rio Negro que foi flagrada transportando remédios contrabandeados, anabolizantes e produtos abortivos, como ficou?

Um ano após o episódio (outubro/2018), parece que até agora, só o motorista foi punido (exonerando)? As investigações instauradas pela Prefeitura vão parar por aí? Vai ficar por isso mesmo? E os superiores o que dizem? Afinal não era deles a obrigação de fiscalizar as atividades do motorista? Quem deveria então responder solidariamente?

Parece mesmo que as autoridades políticas de Rio Negro apostam no esquecimento da sociedade né? E os nossos vereadores não vão se interessar em pedir informações de como anda o caso, mesmo um ano após? Vamos aguardar e cobrar o assunto!

O interessante é a passividade do povo rionegrense com tudo que acontece, parece que tendo, asfalto, canteiros floridos e festa está tudo bem? Por que os cidadãos rionegrenses não implantam também um Observatório Social, igualmente existe em Mafra?

Já seria uma forma de ajudar na fiscalização do legislativo e do executivo!

Por falar em legislativo, por que tanta “rasgação de seda” dos nossos vereadores com a tal deputada Paulinha, que esteve na sessão da última segunda-feira?

Até agora não vi nada de efetivo para Mafra, somente discursos e promessas? Nossos vereadores têm mania de bajular os que visitam a casa e fazem uso da tribuna para dar discursos… Acho que teriam que aproveitar o momento e pedir para ela cobrar do governador os recursos que não estão vindo para Mafra, bem como, ação pela perda de órgãos importantes em Mafra que de agências, viraram apenas escritórios como a Epagri, CIDASC, Celesc, GERSA (Gerência da Saúde), Ministério do Trabalho que virou um postinho e assim por diante?

Já lançou ela até a candidata a governadora do estado… Calma gente! Menos bajulações e mais cobranças e comprometimento com as causas de Mafra, já que ela se propôs a abrir um escritório aqui para atender as reivindicações do povo de Mafra!

Vamos em frente…

Nosso trânsito de Riomafra já é um caos… Ainda nossas Prefeituras insistem em fazer manutenção das vias em pleno meio de semana… Como o que acontecem na tarde de ontem em Mafra… Aí tranca tudo e dificulta a vida de todos!

Já escrevi aqui várias vezes sugerindo que fazer tais manutenções nas madrugadas ou então nos finais de semana, assim o transtorno e desconforto a população não é tanto?

Só fata agora mexerem na ponte em plena 17h, bem no horário que os pais buscam seus filhos nos colégios… Aí vai ser de “tirar o chapéu”!

E para encerrar…

É bom o cidadão não confundir “Lula solto” com “Lula livre”, pois ele atualmente está apenas solto e não livre pois ainda será julgado em várias ações e poderá sofrer condenação em última no STF e voltar para a prisão cumprir as penas!

Outra coisa, ele está causando uma comoção social neste pais, fazendo campanha política na “cara dura”, literalmente subindo em palanques como se estivéssemos em plena campanha política e ele fosse um eventual candidato a presidência da República…

Isto é muito grave gente! Primeiro que não se pode fazer tal manifestação fora dos ditames de época eleitoral, segundo, ele não pode ser candidato, está inelegível, pois já foi condenado por um colegiado e em 2ª instância…

Daqui a pouco este Brasil vai começar a ter confrontos sérios e pode começar uma disputa séria entre simpatizantes pró-Lula e contra o ele, podendo iniciar um banho de sangue nas ruas! O assunto é muito sério e perigoso!

Estranho como soltam ele da cadeia e deixam ele fazer isto tudo?

Fico até pensando: “cá com meus botões…” Será que tudo isto, não é premeditado pelo sistema? Será que não querem mesmo um “banho de sangue”, para os milicos tomarem conta de vez deste país? Fica a reflexão!

- Publicidade -

ENVIE UM COMENTÁRIO

IMPORTANTE: O Click Riomafra não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários publicados pelos seus usuários. Todos os comentários que estão de acordo com a política de privacidade do site são publicados após uma moderação.