Quarta-feira 23 de janeiro de 2019

Publicado por Trombelhudo - 23/01/2019 - 09h24

Salve-salve, gente boa de Riomafra e regi√£o, estamos aqui novamente nas p√°ginas do seu, do meu, do nosso jornal mais lido… com os ‚Äúpegas‚ÄĚ da semana… dando ideias, cobrando, elogiando e criticando aqueles que merecem, de forma isenta…

E o nosso ‚Äúmito‚ÄĚ est√° l√° em Davos na Su√≠√ßa, participando pela primeira vez, representando o Brasil mundo afora… √Č bom o mundo ‚Äújair‚ÄĚ se acostumando com o jeito do nosso ‚Äúmessias‚ÄĚ agir, falar e se comportar com os l√≠deres de outras na√ß√Ķes…

E pelo jeito o mundo est√° apreens√≠vel com este novo governo brasileiro, num discurso de apenas seis minutos, mais as perguntas respostas que duraram no total, cerca de 15 minutos, o Bolsa deixou um ponto de interroga√ß√£o na cabe√ßa da maioria dos l√≠deres mundiais, sobre os v√°rios temas que grandes l√≠deres mundiais se re√ļnem no in√≠cio de cada ano em janeiro, para tratar da economia mundial…

Bem, resta agora ver os resultados pr√°ticos da ida do presidente e sua comitiva a Sui√ßa e ver como as grandes na√ß√Ķes v√£o se comportar com rela√ß√£o ao Brasil?

Bem, existem neste momento assuntos mais pol√™micos e at√© importantes que ir√£o afetar a vida dos brasileiros, como a aprova√ß√£o na semana passada, com a ‚Äúbancada da bala‚ÄĚ, onde anuncio o decreto que facilita a posse de armas¬†de fogo, a dita promessa de campanha…

Mesmo sendo uma promessa de campanha, acho que deveria discutir mais amplamente com a sociedade um tema tão importante que mexe com a segurança de todos nós brasileiros. Afinal, ele mesmo não fala da volta da democracia no Brasil e tudo mais? Então por que se basear num referendo de 10 anos atrás e uma promessa política para tomar uma decisão destas, sem consultar a sociedade neste momento?

Embora tudo ainda tenha que passar pelo Congresso, acho que a participa√ß√£o da sociedade seria fundamental, afinal √© a n√≥s que vai atingir e √© o povo que deveria decidir… N√£o √© assim que funciona uma democracia plena?

Talvez at√©, com ampla participa√ß√£o da sociedade boas ideias poderiam surgir e at√© solu√ß√Ķes para a criminalidade que assola o pa√≠s?!

Sempre escrevi aqui que serei contra armar a população, até por que a maioria do brasileiro não está preparado para fazer uso delas neste momento, mesmo que seja apenas em sua propriedade. Até por que, o governo não pode empurrar para o cidadão sua própria incompetência ao não garantir a segurança que Constituição prevê ao cidadão.

Meu Deus, o Brasil j√° conhecido como o ‚Äúpa√≠s da bala perdida‚ÄĚ, nas grandes capitais, vivemos em intensos tiroteios, onde os bandidos conseguem armas facilmente para matar a popula√ß√£o e at√© policiais, imaginem agora? Eles n√£o s√≥ assaltaram nossas resid√™ncias a procura de nossos bens, mas de nossas armas, vai aumentar ainda mais a oferta pra o crime, ainda mais com a libera√ß√£o de quatro armas para cada cidad√£o!

Eu disse quatro armas? Sim quatro! Pra que quatro armas para cada cidad√£o? Para ter mais armas nas m√£os dos bandidos, talvez esta seria uma das respostas!

Além do mais, será que a Polícia terá estrutura para fiscalizar todas estas armas que deveriam estar na mão da população? E se a maioria delas for parar nas mãos erradas, onde provavelmente irão parar? Como será?

Gente! Hoje há um consenso científico que demonstra a correlação entre a circulação das armas de fogo e o aumento dos homicídios, no Brasil! Está claro que se armar a população indiretamente corre-se o risco do próprio pai de família, que nunca teve sequer um desiquilíbrio na vida, vir a usa-la inadequadamente num momento de insensatez, ou quem sabe ela ser furtada de sua residência, ou até mesmo comercializada ilegalmente!

Se o Bolsonaro quer reduzir a viol√™ncia, ele deveria desarmar os criminosos, armar e preparar melhor os policiais, dando melhor condi√ß√Ķes de trabalho a eles e n√£o armar a popula√ß√£o! Pois o risco de cidad√£os inocentes morrerem √© muito grande…

At√© o seu vice, general Mour√£o j√° declarou que esta atitude n√£o ir√° combater a viol√™ncia, pois n√£o √© armando a popula√ß√£o que ela estar√° protegida contra os criminosos…

Vamos em frente… falar da coisas da nossa querida Riomafra…

Pois √©, o ‚Äúbicho pegando‚ÄĚ e nossos dois prefeitos de f√©rias… Mas justo agora que os novos governadores e deputados est√£o tomando posse? E as coisas est√£o acontecendo!

Claro que eles merecem e devem tirar f√©rias, mas por que n√£o o fizeram j√° no come√ßo do ano? Ah, porque a lei org√Ęnica diz que tem que tirar f√©rias etc. e tal… Tudo bem, mas poderia ser antes ou ent√£o mas adiante, quando as coisas j√° tiverem mais encaminhadas…

Enquanto o Gaiteiro tira de f√©rias o Beto Passos (prefeito de Canoinhas) na cola do governador, j√° acertou a vinda dele para a cidade… E Mafra, como fica?

Acho que não pode dar moleza, agora não é momento de férias, é hora de ficar ligado e correr atrás, ou ele esqueceu que não é mais o seu amigo Colombo que está no trono agora?

N√£o d√° para ficar se fiando no tal do deputado J√ļlio Garcia, pois ele n√£o vai resolver os problemas de Mafra… Tem que ficar de olho e marcar em cima, se n√£o Mafra ‚Äúdan√ßa‚ÄĚ!

Rio Negro, duma vez! Banco explodindo, os problemas se agravando, popula√ß√£o cada vez mais descontente e da mesma forma, Ratinho assumindo, armando a ratoeira, deputados tamb√©m assumindo e o Paizani tamb√©m de f√©rias… O que √© pior, nem o vice pode assumir, teve que o presidente da C√Ęmara assumir, pois o James, segundo dizem, est√° em tratamento de sa√ļde…

Meu Deus! O que ser√° da nossa Riomafra este ano?

Outra coisa, quem afinal vai fiscalizar os bancos em Riomafra? N√£o d√° mais para aguentar o desrespeito com o cidad√£o em certos bancos em nossas cidades, cad√™ a lei do tempo na fila? Sistema que cai toda hora, caixa eletr√īnico que n√£o funciona e nunca t√™m dinheiro, filas e mais filas… At√© quando este descaso com a popula√ß√£o… Autoridades?

Pessoal, hoje ficamos por aqui, até a próxima e cuidem-se bem!

- Publicidade -

ENVIE UM COMENTÁRIO

IMPORTANTE: O Click Riomafra não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários publicados pelos seus usuários. Todos os comentários que estão de acordo com a política de privacidade do site são publicados após uma moderação.